Filme sobre Nilton Santos emociona Ricardo Gomes

Técnico participou de sessão especial sobre ídolo do Glorioso

Por O Dia

Rio - Inspiração não faltará para Ricardo Gomes. Presente na sessão especial do filme ‘Ídolo’, sobre a vida de Nilton Santos, que estreia amanhã nos cinemas, o técnico alvinegro ressaltou a importância do olhar sobre o passado para o resgate do futebol brasileiro bem jogado. E garantiu que sempre irá priorizar a qualidade no comando do Botafogo, de volta à Série A do Campeonato Brasileiro.

Ricardo Gomes%2C assite ao filme 'Ídolo' documentário que conta a historia de Nilton SantosAndré Mourão

“Esse resgate das lembranças do futebol da época de Nilton Santos e outros craques tem que ser massificado. Não dá para copiar, porque é outro mundo e não dá para fazer futebol-arte sem três ou quatro grandes jogadores, mas temos que buscar, porque queremos o futebol espetáculo”, afirmou o treinador. Ele assistiu ao documentário, no Museu de Arte Moderna (MAM), acompanhado de membros da comissão técnica, dos ex-jogadores alvinegros Adalberto e Cacá, que atuaram ao lado do Enciclopédia, e do produtor do filme, Ricardo Macedo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Prova dessa valorização da técnica é a postura de Ricardo Gomes em relação a Daniel Carvalho, jogador que mais deu assistências para gol no elenco e cujo contrato termina no fim do mês. Ele quer a permanência do camisa 10.

“Dei minha opinião sobre o Daniel, mas a decisão é da diretoria. Não conheço essa resistência interna, mas é um jogador que foi bem no segundo semestre, seu contrato vai terminar e vai receber propostas de outros clubes. Essa é a minha preocupação, pois é um tipo de jogador que é raridade”, elogiou o técnico.

A direção do Botafogo ofereceu um novo vínculo com duração até o fim do Carioca de 2016, mas o meia quer mais tempo e o impasse deve retardar o acordo. As negociações com Renan Fonseca e Willian Arão também estão longe de serem encerradas.