Botafogo enfrenta o América-MG em ritmo de festa no Nilton Santos

Com a faixa no peito e a taça na mão, time aposta na garotada

Por O Dia

Rio - Chegou o dia de o Botafogo comemorar a conquista da Série B do Brasileiro em casa, com sua torcida. O estádio Nilton Santos recebe o último jogo do time no campeonato, neste sábado, às 17h30, contra o América-MG. O clima será de festa, com entrega de faixa aos campeões e o desejo de nunca mais voltar a disputar esta competição.

Ricardo Gomes aproveita para observar jogadores do BotafogoVitor Silva / SSPress / Divulgação

Ricardo Gomes aproveitará a ocasião para dar oportunidade aos jogadores que participaram pouco da campanha alvinegra. Cinco garotos revelados na base do clube devem iniciar a partida para mostrar que podem fazer parte do elenco na próxima temporada: Diego, Emerson, Jean, Dierson e Luis Henrique.

No último treino do ano, o clima foi de total descontração e um animado rachão foi disputado entre os jogadores, com Jefferson atuando na linha. Após a atividade, Ricardo Gomes quebrou a rotina e colocou o auxiliar Jair Ventura para conceder coletiva em seu lugar.

O técnico sempre faz questão de elogiar o trabalho do companheiro, que dirigiu o time no período de transição após a demissão de René Simões. Presente em toda a trajetória do título da Série B, Jair exaltou o elenco alvinegro.

“Foi um ano delicado, de transição de gestão, que se falava muito da parte financeira. Fomos buscando os jogadores e analisamos mais de 200. Ficamos trabalhando no Réveillon para conseguir montar o elenco. Esse grupo foi um dos melhores, se não o melhor, que já trabalhei. Com isso, o resultado começa a aparecer”, analisou o auxiliar.

Antes de a bola rolar, os jogadores receberão a faixa de campeão das mãos dos alvinegros Maitê Proença e Hélio de la Peña. A atriz, que prometeu ficar nua, caso o Botafogo conseguisse o acesso, irá cumprir o prometido neste domingo, em um programa de TV.

Situação de Arão perto do insustentável

Na contramão do clima de festa, a situação de Willian Arão com o Botafogo se tornou quase insustentável. O clube depositou nesta sexta-feira os R$ 400 mil para exercer a prioridade e renovar seu contrato por dois anos, mas o pai e agente do jogador, Flávio Arão, ficou indignado e devolveu o dinheiro.

O volante está apalavrado com o Flamengo, que oferece um salário maior, mas o Alvinegro se apoia em uma cláusula do contrato para impedir a saída.