Larrea chega e se derrete em elogios ao Botafogo

Volante equatoriano quer usar a vitrine do futebol brasileiro para voltar à seleção

Por O Dia

Larrea é mais um 'gringo' a chegar ao BotafogoReprodução Facebook

Rio - O segundo reforço do Botafogo chegou ontem ao Rio, fez exames médicos em General Severiano e derreteu-se em elogios ao seu novo clube. Pedro Larrea se intitula um volante solidário e chega ao Glorioso credenciado pela conquista da Copa Libertadores de 2008 com a LDU, sobre o Fluminense. Atuar no futebol brasileiro é um sonho para ele.

“É uma linda oportunidade jogar num clube grande do Brasil. Venho buscando isso para minha carreira e quero aproveitá-la. Espero que eu possa ajudar o clube e os companheiros”, afirmou Larrea à Rádio Tupi. “A mentalidade de todo jogador que vem para uma equipe importante é essa: poder deixar um legado para a torcida”.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O jogador aporoveitou para se apresentar à torcida e destrinchar suas características para quem não o viu jogar nem na LDU nem na Liga de Loja, ambas do Equador.

“Sou um volante de contenção, que recupera a bola, solidário na marcação. Quando vejo se tem possibilidade, também vou ao ataque, dependendo da circunstância. A velocidade também é uma virtude importante”, disse o volante, que fora convocado pela primeira vez para a seleção de seu país em 2015.

Por falar em seleção, a intenção do jogador é aproveitar bem a vitrine que é o futebol brasileiro e se manter na corrida por vaga, de olho no Mundial da Rússia, em 2018.

“É um privilégio estar na seleção. Estamos em um grande nível, fazendo grande campanha nas Eliminatórias. E a possibilidade de jogar no Brasil me aproxima mais ainda da seleção”, decretou.

Além de Larrea, o Botafogo sinaliza pagar a multa do atacante Jorge Ortega, do Sportivo Luqueño, do Paraguai, e tê-lo já na segunda-feira. Ortega tem vínculo até junho de 2016 com o Luqueño e estaria livre para assinar um pré-contrato. O Botafogo pode pagar a multa em troca da liberação imediata