Por edsel.britto
Publicado 22/12/2015 20:30 | Atualizado 22/12/2015 20:35

Rio - Com a política de valorizar os jogadores feitos em casa, a diretoria do Botafogo tem corrido atrás de renovar o contrato com suas jovens promessas. Depois de acertar com Fernandes, o Glorioso deixou encaminhado um acordo com o lateral-direito Diego para extender seu vínculo até o fim de 2017, só faltando assinar o contrato para oficializar. 

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Após as saídas de diversos jogadores depois da disputa da Série B, Diego atualmente é a única opção de Ricardo Gomes para a lateral direita. Luis Ricardo, titular durante quase toda a campanha que levou o Bota de volta à Primeira divisão, não chegou a um acordo com o clube e não fica para o ano que vem. 

Diego recebeu suas primeiras oportunidades no Botafogo em 2015 e agradou a diretoriaVitor Silva / SS Press

O jovem Marcinho, do time sub-20, vai fazer um período de testes com os profissionais na pré-temporada, que será realizada no Espírito Santo. A diretoria ainda está em busca de um reforço para o setor.

Diego ganhou sua primeira oportunidade como profissional pelo Botafogo no jogo contra o Capivariano, pela Copa do Brasil. Em sua estreia no time principal, Diego deu passe para o primeiro gol da partida, marcado por Sassá. Depois da saída de Gilberto para a Fiorentina, da Itália, o jovem passou a ser o reserva imediato na posição e ganhou algumas chances. No total foram oito jogos em 2015, sete pela Série B e um pela Copa do Brasil.

Você pode gostar