Por pedro.logato

Espírito Santo - Fernandes terminou a temporada passada em alta. Valorizado tanto pela diretoria quanto pelo técnico Ricardo Gomes, o volante, de 20 anos, teve o contrato com o Botafogo prolongado até o fim de 2018. Mas, quando todos imaginavam que este seria o ano em que o jogador, revelado na base, se firmaria de vez no profissional, ele perdeu espaço após os treinamentos iniciais. Agora, terá de correr atrás para recuperar o lugar entre os titulares.

No dia 9, quando o elenco foi apresentado à torcida, em General Severiano, Fernandes foi escalado na primeira equipe durante os cerca de 30 minutos de coletivo em campo reduzido. Desde então, ficou esquecido, viu os companheiros das categorias de base se destacarem e ‘furarem’ a fila.

Fernandes espera dar a volta por cimaVitor Silva / SS Press

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Octávio chamou a atenção de Ricardo Gomes enquanto o Botafogo treinou no Rio de Janeiro e Gegê ganhou a vaga graças ao desempenho em Domingos Martins. O volante Bruno Silva e os gringos Jacaré e Damián Lizio, além do volante Bruno Silva ultrapassaram o antigo titular na briga por um lugar na equipe.

Sempre sereno, apesar da pouca idade, Fernandes tenta encarar a situação com naturalidade e sem frustração.

“É um momento de testes. A briga no meio de campo está muito boa. Tenho que trabalhar para quando a oportunidade aparecer. Os reforços são bons, pessoas do bem e têm tudo para contribuir com o Botafogo”, disse Fernandes, que, garante, se mantém muito motivado para o restante da temporada.

“Esse ano é o da minha afirmação. Oscilei muito ano passado. Quando a chance surgir, tenho que segurá-la para não soltá-la mais”, afirmou Fernandes.

Time faz primeiro teste do ano

Os jogadores alvinegros, finalmente, poderão colocar em prática o que foi treinado até agora na pré-temporada. O time encara o Rio Branco, do Espírito Santo, em jogo-treino, às 16h, no campo do hotel China Park, em Domingos Martins.

Sem poder contar com Airton e Neilton, que ainda se recuperam de incômodos, Ricardo Gomes deverá mandar a campo Jefferson, Diego, Renan Fonseca, Emerson e Diogo; Lindoso, Bruno Silva, Gegê, Luis Ricardo e Jacaré; Luis Henrique.

Você pode gostar