Após risco de ficar fora do Carioca, estreia do Fogão é confirmada pelo TJD

Em busca das CND's, clube consegue resolver impasse

Por O Dia

Rio - A tarde alvinegra foi tensa, mas a lua trouxe boas novas. No início da noite, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD) referendou o mandado de garantia impetrado pelo Botafogo e garantiu a estreia do Glorioso no Carioca, neste sábado, contra o Bangu, às 17h, em São Januário.

Carlos Eduardo Pereira fica aliviado com fim do impasseVitor Silva / SS Press / Botafogo

Com a decisão, o clube conseguiu que o prazo para obtenção das certidões negativas, nova exigência para a disputa de qualquer competição nacional, fosse prorrogado por 30 dias.

"Está tudo certo e confirmado, como nós esperávamos. O TJD viu que fizemos tudo certo e referendou o nosso pedido. Amanhã, o Botafogo fará um belo clássico carioca contra o Bangu e esperamos que saia com a vitória", afirmou o presidente Carlos Eduardo Pereira, aliviado após a resolução do impasse.

Desde agosto do ano passado, quando a presidenta Dilma Rousseff sancionou a MP do futebol, todos os clubes precisam apresentar as Certidões Negativas de Débito (CNDs) para garantirem a participação em qualquer competição no âmbito nacional. Os três grandes do Rio já conseguiram as suas e a diretoria alvinegra alega que já deu entrada na documentação necessária para obtê-las, mas ainda nãos as tem em mãos por conta da burocracia. O Bangu, adversário da estreia e que estava na mesma situação, também conseguiu prorrogar para a apresentação. A bola vai rolar.