Por pedro.logato
Rio - Pressão nunca provocou medo em Gegê. Desde que deixou o Ceará, aos 12 anos, para morar no Rio de Janeiro e jogar na base do Botafogo, ele é movido a desafios. Enfrentando mais um neste Carioca, tem dado conta do recado. Após ser praticamente descartado pela diretoria no fim do ano passado, o meia conquistou a confiança de Ricardo Gomes e vem retribuindo, em campo, o apoio dado pelo técnico. Aos poucos, tem ganhado a simpatia dos torcedores.
Em três jogos do Botafogo na temporada — um amistoso e dois no Carioca —, Gegê fez dois gols e teve boas atuações. Contra a Portuguesa, foi o responsável direto pelos três pontos conquistados, ao abrir o placar e participar de forma decisiva na jogada do segundo gol na vitória por 2 a 1.
Gegê começa a temporada como titular do BotafogoVitor Silva / SS Press / Botafogo

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Apesar de não ter utilizado o meia durante o segundo semestre de 2015, Ricardo Gomes pediu para a diretoria dar mais uma chance ao jovem revelado na base — um novo contrato, com duração até o fim do Carioca, foi assinado. A resposta do comandado tem agradado ao técnico.

Publicidade
“Esse jogo (contra a Portuguesa) firma o Gegê como jogador do Botafogo profissional. Passou essa parte de transição, tentando chegar no profissional, nos treinos e jogos. Não estou dizendo que ele vai ser titular no ano, mas pelo que fez na partida, merece. Não foi minha escolha, não, foi quem peneirou há 12 anos. Todo mundo errou durante 10 anos? Não é possível. Estou defendendo a formação do Botafogo, que é muito boa”, afirmou o treinador alvinegro.
Não é o primeiro bom momento de Gegê como profissional. Em 2013, atuando ao lado de Seedorf, o meia marcou um gol na vitória sobre o arquirrival, Flamengo, em pleno Maracanã. Essa foi mais uma prova de que ele consegue transformar os desafios em estímulo. Com os pés no chão, o camisa 7 só promete empenho.“Só trabalhando para reverter essas coisas”, disse Gegê na vitória sobre a Portuguesa.