TJD-RJ amplia prazo para as CNDs e Bota se livra de eliminação no Carioca

Fogão terá ao menos até agosto para apresentar documentos

Por O Dia

Rio - O Botafogo escapou de forma momentânea de ficar de fora do Carioca. Em julgamento nesta quinta-feira do TJD-RJ, o clube, ao lado de América, Bangu, Bonsucesso e Cabofriense, ganhou um tempo a mais para obter as as Certidões Negativas de Débito (CNDs) necessárias para a participação do Estadual.

A decisão foi unânime entre os cinco auditores presentes: Dr. José Teixeira Fernandes, presidente do tribunal, Dr. Dílson Neves Chagas, relator do processo, Dr. Jonei Garcia Alvim, Dr. Vagner Lima Gabriel e Dr. Antônio Ricardo Correa da Silva.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Essas certições se transformaram em pré-requisitos para a disputa do qualquer torneio de futebol no Brasil, desde agosto do ano passado, quando a MP do Futebol foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff. Os cinco clubes vão ter pelo menos mais seis meses. Isto porque a MP 695/2015, que estende tempo de adesão ao Profut para implantação das contrapartidas nos torneio, será votada no Senado até dia 13 de março. Se a alteração da lei for aprovada, o prazo passa a ser agosto. Do contrário, a documentação para competir no Carioca só será cobrada em 2017.