Fogão pega o Voltaço sem poder vacilar

Para se manter no G-4, Alvinegro quer dar um basta na seca de gols

Por O Dia

Rio - A ‘seca’ de gols do Botafogo no Carioca preocupa Ricardo Gomes. Frustrado pelo fracasso na tentativa de contratar um camisa 9, o técnico ainda não encontrou uma solução com as peças à disposição. Entre os quatro grandes do Rio, o Alvinegro tem o ataque mais pobre, com 14 gols em 11 partidas. A perda da invencibilidade na derrota para o Vasco aumentou o tom de cobrança sobre o setor para o confronto com o Volta Redonda, hoje, às 19h30, em São Januário.

Principal reforço do Botafogo, Salgueiro compartilha a preocupação de Ricardo Gomes. Anunciado como atacante, o uruguaio tem jogado como armador e não solucionou o problema do treinador. Em busca do primeiro gol pelo Botafogo, o camisa 10 cobra mais capricho nas finalizações para recolocar a equipe no caminho das vitórias.

Botafogo busca vitória contra o Volta RedondaVítor Silva/SSPress/Botafogo

“Sempre é importante treinar, buscar o ponto ideal da equipe para atacar. Temos que melhorar. Creio que estamos bem. Apesar da derrota, fizemos uma boa partida (contra o Vasco), mas está faltando o gol. Estamos tranquilos. Temos condições de reverter essa situação contra o Volta Redonda”, disse Salgueiro.

Fluminense e Flamengo já foram vítimas do Voltaço no Carioca. O Botafogo não quer ser mais um. De olho em cada detalhe da preparação, Ricardo Gomes adotou o mistério e não confirmou o provável substituto de Emerson, que se recupera de um incômodo na coxa direita e dificilmente jogará. Renan Fonseca e Emerson Silva disputam a vaga na zaga. No meio de campo, Fernandes foi o escolhido para substituir Airton, suspenso pelo terceiro amarelo.

No treino de terça-feira, o técnico chegou a testar Yacaré Nuñez e Neilton entre os titulares. Mas a dupla deve ser opção para o decorrer do jogo.

FICHA TÉCNICA:

Estádio: São Januário
Árbitro: Carlos Eduardo Braga

BOTAFOGO: Jefferson, Diego, Carli, Renan Fonseca (Emerson Silva), Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Fernandes e Gegê; Salgueiro e Ribamar / Técnico: Ricardo Gomes

VOLTA REDONDA: Mota, Cristiano, Mailson, Luan, Luis Gustavo; Vinícius Pacheco, Bruno Barra, Marcelo; Rafael Pernão, Tiago Amaral e Dija Baiano / Técnico: Felipe Surian