Helton Leite comemora oportunidade no Botafogo e destaca defesa salvadora

Jogador foi a opção de Ricardo Gomes para o gol alvinegro nas duas partidas da primeira fase da Copa do Brasil

Por O Dia

Rio - Ricardo Gomes tomou uma decisão arriscada para a primeira fase da Copa do Brasil. O técnico optou por poupar Jefferson, capitão da equipe alvinegra, para dar lugar a Helton Leite no gol das duas partidas contra o Coruripe. Se a escolha foi 'perigosa', o treinador mostrou confiança no seu reserva, que correspondeu à altura. No empate em 1 a 1, nesta quinta-feira, Helton fez defesas difícies, inclusive aos 48 minutos do segundo tempo.

"Muita gente não percebeu, nem mesmo o árbitro, que resvalei naquela bola aos 48 minutos, que ainda tocou o pé da trave. Fui bem mais exigido nesse segundo jogo e, graças a Deus, pude ajudar quando o time precisou de mim. Não fizemos uma boa partida, mas o que conta é a classificação", analisou o goleiro, que lamentou não ter defendido o pênalti que deu o gol ao Coruripe.

"Eu esperei a decisão do cobrador até o último instante, olhando nos olhos dele, mas ele acabou conseguindo virar o pé e puxar um pouco a bola. Ainda toquei nela, mas não deu. Faz parte. Mas, como disse, o importante é que avançamos. Agora, o foco de todos já está voltado para a decisão do Carioca. E vamos com tudo em busca desse título."

Classificado para a próxima fase da Copa do Brasil, o Botafogo encara o Juazeirense no próximo compromisso nacional. O confronto ainda não tem data definida. Antes disso, o Alvinegro encara o Vasco pela final do Campeonato Carioca. O primeiro jogo será neste domingo, às 16h, no Maracanã.