Ricardo Gomes justifica empate do Bota com expectativa para a final do Carioca

Treinador alvinegro destacou que ansiedade para a decisão deixou seus jogadores 'desligados' no empate com o Coruripe

Por O Dia

Rio - Apesar da difícil partida, o Botafogo cumpriu seu objetivo de avançar para a próxima fase da Copa do Brasil. Os alvinegros ficaram com um empate, por 1 a 1, com o Coruripe - resultado suficiente, levando em consideração a vitória por 1 a 0, no primeiro jogo. O técnico Ricardo Gomes lembrou a importância da competição nacional, mas, admitiu que a ansiedade atrapalhou a equipe. 

"Tem a final, jogadores desligam mesmo, pensam no principal, que é contra o Vasco no Maracanã. Mas era tão importante esse jogo para nós. Isso é Copa do Brasil, eu adoro esse torneio, conheço bem. E não é fácil chegar lá em cima. Tem esses jogos "armadilha". Ficamos o primeiro tempo com dificuldades, não estávamos concentrados no jogo. Diferente do segundo, mas na expulsão do Bruno mudou de novo. Classificamos, mas é a úncia coisa para realçar", disse. 

O treinador aproveitou para afirmar que sua cabeça e seus planos estão em Geneveral Severiano - apesar do interesse do Cruzeiro em levar Ricardo Gomes para comandar a equipe mineira. 

"Minha cabeça é o Vasco domingo. Tem muita coisa para fazer no Botafogo ainda. Na minha cabeça, tenho um 2016 alvinegro. O Cruzeiro é um grande clube, tem vários grandes treinadores que estão aí", concluiu. 

O Botafogo agora se prepara para a primeira partida que define o campeão Carioca, neste domingo, contra o Vasco. O duelo será disputado no Maracanã, às 16h.