Botafogo pronto para o título

Luis Ricardo vê time mais experiente do que o de 2015 e aposta na taça

Por O Dia

Rio - Com 44.294 mil ingressos vendidos para a final do Carioca, a torcida do Botafogo promete um dia de longas filas em General Severiano e no Caio Martins para esgotar os 6.706 restantes para o setor Norte e lotar sua parte no Maracanã. Essa é cena que Luis Ricardo espera encontrar ao entrar no gramado, às 16h de domingo. Depois de levar três dias para ‘digerir’ a derrota de 1 a 0 para o Vasco, no primeiro jogo da decisão, o lateral-direito mantém a confiança na redenção alvinegra.

“É muito legal. Até então não tínhamos provado isso (o Maracanã lotado). Talvez alguns de nossos jogadores se assustem um pouco. Mas eles vão sentir o gostinho da torcida cantando, gritando aquele ‘uuuhhh!’ quando a bola passa perto do gol. É um friozinho que dá na barriga, mas é algo gostoso. Até para o nosso torcedor é algo importante”, disse Luis Ricardo.

Luis Ricardo crê na conquista do GloriosoVitor Silva / SS Press / Divulgação

O lateral-direito estava em campo na decisão do Carioca de 2015, também contra o Vasco, que acabou levando a taça. Sem trauma, Luis Ricardo aposta suas fichas num final diferente este ano, mas evita comparações, apesar de ver o Botafogo maduro o suficiente para ser campeão desta vez.

“Encontramos uma forma de jogar que surpreendeu a muitos. Chegamos fortes e sabemos que o Vasco nos respeita. Esperamos que, por tudo o que fizemos ao longo do campeonato, possamos ser coroados com o título”, disse.

Para cumprir a profecia do lateral, Ricardo Gomes promove os últimos ajustes para a decisão. Depois de testar três atacantes na quarta, o técnico observou Airton e Lizio entre os titulares no decorrer do treino de quinta-feira.

REFORÇOS JÁ TREINAM EM GENERAL

Com contrato assinado até dezembro, o atacante Anderson Aquino será oficialmente apresentado hoje pelo Botafogo. Aprovados nos exames médicos, o apoiador Marquinho, ex-Macaé, e o atacante Geovane Maranhão, ex-Madureira, treinaram ontem pela primeira vez em General Severiano. Marquinho assinou até dezembro de 2017.

Com contrato até o fim do ano, Maranhão não marcou em 14 partidas no Carioca, mas é a aposta de velocidade pelos lados. Emprestado pelo Palmeiras, o lateral-esquerdo Victor Luís é o quarto reforço. Após o ‘modesto’ pacotão, a diretoria mira dois nomes de peso. Alex, do Inter, e Kleber, do Coritiba, são os sonhos.