Botafogo joga bem, mas não resiste ao Timão e volta a perder no Brasileiro

Alvinegro dominou a partida no primeiro tempo e conseguiu criar na etapa final, mas não converteu chances em gols e acabou derrotado pelo Corinthians por 3 a 1, em São Paulo

Por O Dia

São Paulo - O Botafogo foi melhor durante quase toda a partida, mas não conseguiu resistir à pressão de jogar na Arena Corinthians. No jogo que marcou a despedida oficial de Tite do clube, com direito a homenagem, o Alvinegro caiu para o Timão, perdendo por 3 a 1, e acabou voltando para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Se o placar final é o que importa no futebol, faltou um ataque mais efetivo na equipe de Ricardo Gomes, que dominou o adversário, mas não conseguiu converter as criações em gols.

O carioca não jogou recuado, mesmo fora de casa, e acabou tendo a iniciativa durante todo o jogo. Mas, em meio à boa atuação do Botafogo, foi o Corinthians que saiu na frente no placar, com golaço de Bruno Henrique, de fora da área, aos 24 minutos do primeiro tempo. O Alvinegro não se abateu e não demorou para deixar tudo igual, com Leandrinho, aos 27.

O Botafogo acabou perdendo para o Corinthians%2C por 3 a 1%2C em São PauloTaba Benedicto/ Agência O Dia

Mas não adianta criar sem marcar. Na volta do intervalo, o Timão aproveitou sua primeira chance e marcou novamente, com Marquinhos Gabriel. Restou à equipe paulista administrar o placar. Quando a vitória já estava praticamente determinada, novamente Bruno Henrique apareceu, já aos 43, e fechou o caixão para o Corinthians. 

O resultado não só impediu que o Botafogo emplacasse uma boa sequência no Brasileirão, como colocou a equipe novamente na zona de rebaixamento, ainda com oito pontos, agora na 19ª posição. Na próxima rodada o Alvinegro encara o Figueirense, na quarta-feira, às 21h, em Juiz de Fora. Já o Corinthians passou a figurar no G-4, com 16 pontos, e enfrenta o Atlético-MG, na quarta-feira, às 21h45, no Mineirão.

O JOGO

O Botafogo mostrou logo no início o que seria visto nos próximos 45 minutos: uma equipe mais consistente e bem colocada em campo. O primeiro lance de perigo chegou logo aos quatro minutos, quando Bruno Silva cabeceou para fora após cobrança de falta. Aos oito, o Corinthians respondeu com a chegada fraca de Balbuena, também de cabeça.

O time de Ricardo Gomes continuava dominando a partida, mas acabou surpreendido aos 24 minutos. Fagner entrou na área, tocou para trás e achou Bruno Henrique. O volante não pensou duas vezes e mandou a bola no ângulo de Sidão e fez 1 a 0 para o Corinthians. O resultado podia desanimar o Alvinegro, mas não foi o que aconteceu. O time continuou no ataque e apenas três minutos depois, conseguiu deixar tudo igual. Leandrinho invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou por cima de Cássio e foi direto para o fundo da rede. 1 a 1 com direito a dois golaços na tarde de domingo.

No fim da primeira etapa, o Botafogo ainda teve a oportunidade de passar a frente no placar, mas desperdiçou duas vezes. Aos 40, Luis Ricardo cruzou para Neilton, que, dentro da pequena área, não conseguiu dominar a bola. No minuto seguinte, foi a vez de Gervásio Nuñez deixar passar uma chance, chutando cruzado. A bola acertou direto a trave de Cássio.

A máxima do futebol de "quem não faz, leva" acabou prevalecendo ainda no início do segundo tempo. O Botafogo, que não aproveitou as chances que criou durante os 45 minutos iniciais, voltou para o segundo tempo ainda inspirado, mas sem conseguir converter as criações em gol. Aos sete, Marquinhos Gabriel ampliou para o Timão. O meia invadiu a área e acertou a direita do gol de Sidão, fazendo 2 a 1 dentro de casa.

O placar parece ter despertado o Corinthians, que passou a atacar e crescer no jogo. Guilherme tentou de cabeça, aos 18, mas a bola passou rente à trave. O Botafogo ainda tentou aos 27, quando Leandrinho cruzou para Neilton, que finalizou, sem sucesso. O Timão seguiu pressionando e, aos 36, Marquinhos Gabriel chutou cruzado. Sidão salvou o Alvinegro, mas não teve descanso, já que no rebote, Romero tentou ampliar para o Corinthians, e o jogador alvinegro teve de defender com os pés.

A força do time paulista não foi em vão. Fagner mandou para dentro da área a bola, Balbuena escorou para Bruno Henrique, que dominou e mandou mais uma vez no ângulo. 3 a 1 para o Corinthians, que não só voltou a vencer, como entrou no G-4 do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 X 1 BOTAFOGO

Local: Arena Corinthians
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Público e renda: 34.747 / R$ 2.023.396,50
Cartão amarelo: Balbuena, André (Corinthians); Fernandes, Victor Luis (Botafogo)
Cartão vermelho: -
Gols: Bruno Henrique (Corinthians, aos 24' do 1ºT, e aos 43' do 2ºT); Leandrinho (Botafogo, aos 27' do 1ºT); Marquinhos Gabriel (Corinthians, aos 7' do 2ºT)

CORINTHIANS: Cássio (Caíque França, no intervalo); Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho (Willians, aos 40' do 2ºT) e Guilherme (André, aos 28' do 2ºT); Ángel Romero e Lucca. Técnico: Fábio Carille

BOTAFOGO: Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Bruno Silva, Fernandes, Gervásio Nuñez (Victor Luis, aos 12' do 2ºT) e Leandrinho (Salgueiro, aos 35' do 2ºT); Neilton e Sassá (Ribamar, no intervalo). Técnico: Ricardo Gomes