Desfalcado, Botafogo quer vencer o Figueirense para sair da zona da degola

Duelo de alvinegros acontece nesta quarta em Juiz de Fora

Por O Dia

Minas Gerais - Não será contra o Figueirense, às 21h, no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, que o técnico Ricardo Gomes conseguirá repetir a escalação do Botafogo. Com Leandrinho, com uma lesão confirmada na coxa esquerda, e Sassá, com dores musculares, vetados, o comandante alvinegro, mais uma vez, quebrou a cabeça para remontar a equipe que conta com oito desfalques entre jogadores machucados ou em transição para os treinos físicos.

Botafogo quer sair da zona de rebaixamentoVitor Silva / SS Press / Botafogo

Barrado nas duas últimas rodadas pela falta de gols, Ribamar ganhará uma nova chance no ataque sob a desconfiança da torcida. Xodó durante a campanha do Botafogo no Carioca, a revelação, de 18 anos, sentiu a pressão aumentar pelo início ruim da equipe no Brasileiro. A falta de capricho e tranquilidade pesam contra o atacante que substituirá Sassá.

CAMILO TEM ESTREIA ADIADA

Para o lugar de Leandrinho, que não tem previsão de volta, o técnico Ricardo Gomes contava com a escalação de Camilo. O apoiador seguiu com a delegação para Juiz de Fora, mas não foi regularizado a tempo. O sistema de transferências internacionais da Fifa ficou fora do ar. A falha impediu a CBF a documentação de clubes do exterior e frustrou os planos os planos alvinegros.

Dessa maneira, Gegê e Marcinho disputam a vaga. Na zona de rebaixamento, com os mesmos oito pontos de Sport, América-MG e Cruzeiro, o Botafogo aposta suas fichas na experiência dos últimos reforços e, assim, reagir na competição.

Resta esperar o domingo e que o sistema da Fifa não volte a falhar, pois o apoiador Camilo e o atacante Rodrigo Pimpão poderão, enfim, ser regularizados para enfrentar o Internacional, no Beira-Rio. A expectativa é de que Carli, Emerson e Sassá também estejam à disposição.