Hora de incendiar o Botafogo

Ricardo Gomes esconde o jogo, mas Camilo estreia para melhorar o rendimento da equipe

Por O Dia

Rio - O treino fechado na manhã de hoje, em General Severiano, não será suficiente para esconder a decisão de Ricardo Gomes de promover a estreia de Camilo. Regularizado na quinta-feira, o apoiador, de 30 anos, será mais uma cartada do treinador para tentar melhorar o aproveitamento do Botafogo no seu preocupante início de Campeonato Brasileiro.

Carioca, de família botafoguense e novo dono da camisa 10, Camilo não teme a pressão e conta com a admiração do comandante alvinegro. Contratado ao Al Shabab, da Arábia Saudita, ele teve três semanas para se ambientar. A delicada situação do Botafogo na tabela de classificação — penúltimo colocado, com nove pontos —, exige uma reação imediata.

Ricardo Gomes quer vitória sobre o InternacionalVitor Silva / SSPress/ Botafogo

“Ele tem boa dinâmica, criatividade, essa é a minha leitura. Mas está chegando, não dá para exigir, no primeiro jogo, que ele faça tudo que fez nas equipes anteriores. Tem o entrosamento, mas ele chega com essas características e boa finalização. Vai nos ajudar. É daqui (do Rio de Janeiro), de família botafoguense... Além da parte motivacional tem essa afinidade com o clube. É importante, principalmente, em um momento que não é tranquilo. Ele está com a cabeça muito boa e esperançoso”, disse Gomes.

Em tom de mistério, o treinador não antecipou a escalação de Camilo entre os titulares e ainda revelou ter dúvidas durante o treino de ontem. Diérson e Octávio se revezaram na função que deverá ser exercida pelo próprio Camilo, amanhã, no Beira-Rio. Titular contra o Figueirense, Fernandes disputaria a posição com Gervásio ‘Yacaré’ Núñez.

Outra novidade deve ser a volta de Ribamar ao ataque, no lugar de Anderson Aquino. Como Rodrigo Pimpão ainda não teve a documentação enviada pela Federação dos Emirados Árabes Unidos, Ricardo Gomes, mais uma vez, mexe no setor para dar fim ao jejum. Com oito gols em dez rodadas, o Botafogo tem o pior ataque entre os 20 times do Brasileiro.

CARLI E RODRIGO LINDOSO SÃO OPÇÕES

Liberados para os treinos com bola, Carli e Rodrigo Lindoso estão à disposição para o confronto com o Internacional. Ricardo Gomes deu indícios de que relacionará a dupla para o duelo em Porto Alegre, mas projeta uma volta gradativa. Recuperado de lesão na coxa direita, Lindoso, que não joga há um mês, poderá ser aproveitado no segundo tempo.

“Talvez no banco (Carli). Tem possibilidade ainda de o Lindoso jogar alguns minutos”, admitiu Ricardo Gomes.

O treinador não pretende correr o risco de antecipar a volta do xerife argentino, que sofreu duas lesões musculares entre a decisão do Carioca e a segunda rodada do Brasileiro. O Botafogo tem sofrido seguidas baixas, vítimas de lesões parecidas. Com dores musculares, Sassá segue em tratamento e deverá ser vetado pela segunda partida consecutiva.