Joel Carli lidera o mistão do Botafogo contra o Bragantino, pela Copa do Brasil

Para ter o grupo 'renovado' para o clássico com o Flamengo, no sábado, Ricardo Gomes opta por escalar time alternativo

Por O Dia

Rio - Com saudade da bola, o argentino Joel Carli será uma das novidades em ação pelo mistão alvinegro que enfrentará o Bragantino, nesta quarta-feira, às 19h30, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela terceira fase da Copa do Brasil. Ao priorizar a recuperação de titulares que não têm entrado 100% em campo, casos de Emerson, Airton, Rodrigo Lindoso, Camilo e Sassá, o técnico Ricardo Gomes pretende contar com o grupo "renovado" para o clássico diante do Flamengo, sábado, pelo Brasileiro.

Carli volta ao time e destaca responsabilidade de ir bem contra o BragantinoVitor Silva / SSPress / Botafogo

No entanto, a responsabilidade dos 11 escolhidos para a partida contra o Bragantino não será menor. Longe dos gramados desde o dia 22 de maio, Carli tem consciência da importância de conquistar um bom resultado para a equipe continuar a avançar na Copa do Brasil.

Chance de mostrar serviço

Recuperado de uma lesão muscular, o zagueiro comemora a chance de poder entrar nos planos para o clássico. “O jogo (Bragantino) vai ser muito complicado, contra uma equipe de Série B que não está bem na tabela, mas o futebol está muito parelho e vai ser difícil. Sem dúvida vai ser uma partida muito importante. É aproveitar para demonstrar que queremos seguir na equipe. Penso que o Ricardo vai colocar o melhor e dar descanso para selecionar o time contra o Flamengo”, disse Carli.

O treinador deve poupar nesta quarta nada menos do que dez jogadores. Sidão será o único titular em ação. Nomes esquecidos ou que perderam espaço nos últimos meses ganharão nova oportunidade. Titulares na campanha do vice carioca, Gegê e Salgueiro são dois exemplos. Com a venda de Ribamar para o futebol alemão, Luis Henrique é outro que será testado mais vezes.

Escalações

Bragantino: Felipe; Watson, Lucas Rocha, Éder Lima e Bruno Pacheco; Daniel Pereira, Edson Sitta, Serginho e Tartá; Rafael Grampola e Erick.

Botafogo: Sidão; Diego, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Diérson, Fernandes, Gegê e Gervásio Núñez; Salgueiro e Luis Henrique.