Ricardo Gomes garante que derrota do Botafogo não foi pela ausência de Airton

Técnico ressaltou a importância do atleta, mas evitou relacionar o seu papel em campo com o revés por 2 a 1 para a Chape

Por O Dia

Santa Catarina - Ricardo Gomes não esconde a importância de Airton para a formação e organização do Botafogo em campo. E neste domingo, sem o volante, o Alvinegro acabou amargando a derrota por 2 a 1 para a Chapecoense. Apesar disso, o treinador garantiu que a ausência do jogador não foi responsável pelo resultado negativo.

"O Airton tem mais cancha, o meio de campo fica mais organizado. Mas hoje, a derrota não foi pela ausência dele. Foram falhas de posicionamento, independentemente do Airton. Hoje a derrota não foi por causa da ausência do Airton", disse Ricardo Gomes.

Quem esteve em campo neste domingo foi Canales. O argentino chegou a marcar um gol, que foi irregularmente anulado pela arbitragem. O técnico alvinegro lamentou o erro, já que, além de mudar os rumos do jogo, ajudaria o jogador.

"Ele ficou três meses parado. Entrou contra o Flamengo, treinou bem nas últimas duas semanas. Mas não dá para analisar assim. Ele conseguiu o gol que não estava impedido. Isso é uma pena. Seria bom para o atacante, voltar assim. Isso tem um peso, dá moral", analisou.

O Botafogo volta a jogar na quarta-feira, contra o Bragantino, pela Copa do Brasil, às 19h30, na Arena Botafogo.