Vinicius Tanque sai do banco, marca e garante classificação do Botafogo

Jovem atacante ganha oportunidade no segundo tempo e no primeiro toque na bola faz o gol que garantiu a vitória do Fogão

Por O Dia

Rio - Até pouco tempo atrás, Vinicius Tanque treinava no grupo secundário de jogadores do Botafogo, aqueles que não serão aproveitados por Ricardo Gomes na temporada. Porém, o treinador Alvinegro resolveu dar uma segunda chance para o jovem e o reintegrou ao elenco.

E nesta quarta-feira, ele recompensou a confiança do comandante ao entrar no segundo tempo e marcar o gol da vitoria por 1 a 0 sobre o Bragantino, na Arena Botafogo. De quebra, o tento do camisa 18, garantiu a classificação do Alvinegro às oitavas de final da Copa do Brasil.

Com a classificação garantida, o Botafogo volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Na zona de rebaixamento, em 17º lugar com 17 pontos, o Alvinegro recebe no domingo o líder Palmeiras, às 18h30, na Arena Botafogo buscando mais uma vitória para respirar na competição.

Vindo do banco%2C Vinicius Tanque marcou o gol da vitória do Botafogo sobre o BragantinoVitor Silva / SS Press / Botafogo

O JOGO

Podendo empatar por até um gol, o Botafogo entrou em campo contra o Bragantino sem a necessidade de pressionar o adversário. Mas mesmo sem a obrigação de tomar a iniciativa, o Alvinegro aproveitou o fator casa, apesar do estádio não ter um bom público, e foi para cima dos visitantes. Embalado por Camilo, o Glorioso teve duas boas chegadas graças a chutes do meia. No segundo, a bola explodiu no travessão e no rebote, Canales furou, mas Neilton não perdeu a chance e empurrou a bola para rede. Porém, o lance foi invalidado por impedimento do chileno no lance.

Com a proposta de jogo de buscar uma bola e garantir a classificação, o Bragantino tinha em Tartá o homem mais perigoso no ataque, mas Sidão não teve trabalho nos lances em que foi exigidos. Já o goleiro Felipe, velho conhecido da torcida alvinegra, teve muito o que fazer para evitar que o Botafogo abrisse o placar. Em lances de Camilo e Canales, o arqueiro teve muito trabalho e foi bem para manter o placar no zero.

Na volta para o segundo tempo, o Botafogo seguiu tentando pressionar o Bragantino e foi pra cima. Homem mais ativo no ataque alvinegro, Camilo era quem tinha as melhores chances mas tinha em Felipe o seu carrasco. Ainda no início, Diogo Barbosa chegou a balançar as redes, mas novamente o lance foi invalidado por impedimento. Vendo o tempo no relógio passando, a equipe de Bragança Paulista resolveu buscar mais o jogo e começou a aparecer com mais peças no setor ofensivo, mas Sidão seguiu como mero espectador da partida.

Na melhor das chances do Bragantino, Eliandro salta com espaço na área do Botafogo, mas falha na hora da finalização e manda por cima do gol de Sidão, mas passando com perigo e assustando. No contra-ataque, o Alvinegro pressionava, criava chances, mas pecava e muito na hora do chute, sempre parando na zaga do Massa Bruta.

Tentando colocar o time com pernas descansadas no ataque, Ricardo Gomes sacou Canales e colocou Vinicius Tanque. O jovem atacante não demorou para mostrar que a noite era dele. Em seu segundo toque na bola na partida, o camisa 18 recebeu de Neilton e bateu na saída de Felipe para balançar as redes na Arena Botafogo. Foi o primeiro gol do centroavante como profissional com a camisa do Glorioso.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1x0 BRAGANTINO

Estádio: Arena Botafogo
Árbitro: Emerson Ferreira
Gols: Vinicius Tanque (Botafogo, aos 36' do 2ºT)
Cartões Amarelos: Aírton, Bruno Silva (Botafogo) e André Rocha, Daniel Pereira (Bragantino)
Cartões Vermelhos:

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Emerson, Renan Fonseca e Diogo; Rodrigo Lindoso, Airton (Dierson), Bruno Silva (Salgueiro) e Camilo; Neilton e Canales (Vinicius Tanque). Técnico: Ricardo Gomes

BRAGANTINO: Felipe, André Rocha, César Gaúcho e Éder Lima; Daniel Pereira, Gabriel Dias, Erick, Tartá (Marcos Paullo) e Bruno Pacheco; Claudinho (Jobinho) e Eliandro. Técnico: Marcelo Veiga