Para sair da zona da degola, Botafogo tem parada dura contra o Palmeiras

Glorioso enfrenta o líder do Brasileirão na sua Arena na Ilha

Por O Dia

Rio - A convocação foi feita. Com a expectativa de transformar a Arena Botafogo no novo caldeirão alvinegro, o clube explorou as redes sociais para cobrar a presença de sua torcida no confronto com o Palmeiras, hoje, às 18h30. Com a promessa de iniciar o returno do Campeonato Brasileiro com uma distância segura do Z-4, a equipe tem três rodadas para cumprir a meta. Em casa, não teme o líder Palmeiras e mantém a ambição para as partidas contra Ponte Preta e Grêmio, na sequência.

Camilo é uma das esperanças do BotafogoVitor Silva / SS Press

“O torcedor do Botafogo quer um grande jogo e vai comparecer, não tenho nenhuma dúvida. Eu acertei na quarta-feira (contra o Bragantino, pela Copa do Brasil). Tivemos um bom público. Agora teremos um grande jogo e a torcida vai nos apoiar mais uma vez”, apostou o técnico Ricardo Gomes.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

O comandante reconhece que a reação alvinegra foi tardia. Apesar da evolução com a estreia de reforços com Camilo, a equipe ainda oscila e não tem conseguido se distanciar da zona de rebaixamento. Depois de três rodadas de alívio, o Botafogo voltou ao Z-4 — 17º colocado, com 17 pontos — após a derrota para a Chapecoense na última rodada. Sem escolher adversário, Ricardo Gomes cobra e acredita na recuperação.

“Não é um incentivo (enfrentar o líder Palmeiras). Não precisava, mas também não é peso. Temos que aproveitar o grande clássico que disputaremos, apesar da diferença de pontuação. A melhor coisa para o jogador é um grande jogo”, afirmou.

Em razão dos Jogos Olímpicos, o torcedor do Botafogo terá a última chance de acompanhar a equipe de perto em agosto. A CBF atendeu ao pedido do Gepe para não realizar jogos no Rio durante o calendário olímpico.