Por edsel.britto

Rio - Uma solução caseira foi a escolhida pela diretoria do Botafogo para a substituição de Ricardo Gomes no cargo de treinador. Membro da comissão técnica permanente do clube, Jair Ventura foi efetivado como treinador e já estreia à frente da equipe neste domingo, às 16h15, contra o São Paulo, no Morumbi, pela 20ª rodada do Brasileiro. O Alvinegro está em 17º.

A tendência é que Jair inicie sua trajetória como treinador do time profissional mantendo a base de Ricardo Gomes. Ele comandou apenas a última atividade antes da viagem à capital paulista. O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, negou que tenha procurado outros treinadores e aproveitou para depositar confiança total em Jair.

Jair Ventura estreia no comando do Botafogo contra o São Paulo neste domingoMárcio Mercante / Agência O Dia

“A opção foi pela consistência do trabalho, porque ele e toda a comissão conhecem a equipe. Um novo técnico levaria cerca de dois meses para conhecer o elenco e isso seria um risco que não podemos correr”, disse.

CONFIANÇA DO ELENCO

Filho de Jairzinho, um dos maiores ídolos da história do Botafogo, Jair Ventura, de 37 anos, começou no clube como estagiário de preparação física, em 2008. Dispensado na gestão de Mauricio Assumpção no fim de 2013, foi contratado novamente pela administração atual no começo de 2015. Jair já comandou a equipe sub-20 e trabalhou com muitos dos jogadores do atual elenco profissional revelados na base do clube.

De acordo com o presidente, os atletas aprovaram a escolha. “O grupo reagiu muito bem e se sentiu seguro. Não estamos fazendo isso por falta de opção. Em 2015, o processo foi diferente, pois entendíamos que o retorno à elite demandaria profissional mais experiente. Agora a nossa aposta é que Jair seja o treinador, especialmente para o clube não viver mais um período de especulações. Isso não seria bom”, disse Carlos Eduardo Pereira.

Você pode gostar