Sidão destaca boa atuação do Botafogo e diz que vai brigar para seguir na equipe

Goleiro foi o destaque do triunfo sobre o Vitória em Salvador e mantém boa fase na briga pela posição de titular com o retorno de Jefferson

Por O Dia

Salvador - Quando Jefferson sofreu a lesão no braço esquerdo ainda antes do Brasileirão começar em maio, a torcida alvinegra ficou apreensiva com quem iria defender a meta. Nos primeiro jogos, Hélton Leite não agradou e a diretoria buscou Sidão, destaque do Audax no Paulista. Aos 33 anos, o goleiro tinha a primeira chance na Série A. Quatro meses e 23 jogos depois, o torcedor só tem o que comemorar com o arqueiro que vive fase iluminada.

Neste domingo, Sidão voltou a ser decisivo ao pegar um pênalti e efetuar pelo menos três defesas difíceis, garantindo o zero no placar no triunfo sobre o Vitória em Salavador. Humilde como de costume, o goleiro reconheceu sua boa atuação, mas fez questão de destacar o gol marcado por Pimpão como essencial para mais três pontos no Brasileirão.

Sidão chegou e conquistou seu lugar no Botafogo com boas atuaçõesVitor Silva / SS Press

"Eu costumo dizer que o goleiro é dificil de dar os três pontos para o time porque ele não faz gols, mas garantindo o zero no placar já é o primeiro passo para ajudar o time. Além da boa atuação, é preciso confiar que os atacantes vão marcar os gols e hoje fomos felizes na frente para podermos sair com essa vitória muito importante", destacou Sidão.

Já treinando com bola e liberado pelo departamento médico do Botafogo para voltar aos gramados, Jefferson terá que trabalhar duro para conseguir desbancar o agora titular Sidão. Para o atual camisa 1, a briga vai seguir e será decidida pela comissão técnica.

"Eu disse desde o inicio, quando cheguei ao Botafogo, que essa era a chance da minha vida e de dar tudo de mim para poder mostrar meu trabalho para o Brasil todo ver. Eu vou continuar fazendo a minha parte e a decisão de quem vai ser o titular fica para a comissão técnica."

A vitória faz com que o Botafogo chegue aos 38 pontos e abra dez de diferença para o Figueirense, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Na nona posição, o Alvinegro sonha agora com a parte de cima da tabela, já que está apenas cinco pontos atrás do Santos, 4º colocado na tabela. 

Na quarta-feira, o Botafogo vira a chave na temporada e terá pela frente o confronto com o Cruzeiro, no Mineirão, às 21h45, pela Copa do Brasil. O Alvinegro precisa vencer por quatro gols de diferença para garantir a classificação, já que foi derrotado no jogo de ida em casa por 5 a 2. Pelo Brasileirão, o Glorioso entra em campo no sábado (24) e encara o América-MG, às 21h, na Arena Independência, em Belo Horizonte