Mesmo com Botafogo em boa fase, Jair decreta: 'Proibido falar em G-4'

Equipe alvinegra derrotou o Vitória, por 1 a 0, em pleno Barradão

Por O Dia

Rio - Jair Ventura pode ser novo, mas tem um discurso bastante firme, desde que assumiu o comando do Botafogo. Com uma boa sequência à frente do time, a vitória por 1 a 0 sobre o Vitória, no Barradão, serviu para exaltar ainda mais os ânimos dos torcedores. A equipe, que chegou a figurar a zona de rebaixamento, hoje sonha com o G-4. Mas esse assunto está proibido em General Severiano, no que depender do técnico.

"O Botafogo, depois de conseguir 45 ou 46 pontos, pode falar em G-4. Mas por enquanto estamos proibidos de falar. Passamos o primeiro turno inteiro em uma situação de zona de rebaixamento. Por que agora que temos uma sequência boa pensaremos que está tudo uma maravilha? No futebol as coisas mudam muito rapidamente. Eu não me iludo. Já estou há bastante tempo no futebol. Quando a bola não entra, as pessoas já começam a questionar o trabalho. Então o Botafogo não pensa agora em G-4. Depois que conseguirmos 46 pontos, a gente pensa em algo maior. Mas até lá estamos proibidos de falar em G-4", decretou Jair.

Agora o Botafogo tem de virar a chave para focar na Copa do Brasil. Mas, se alguém achava que Jair pouparia o time para focar no Brasileirão, se enganou. O técnico garantiu que irá com a força necessária para garantir a classificação.

"A gente sabe que contra o Cruzeiro será um jogo muito difícil, mas temos que jogar. Vamos com calma, pensar com calma, ver a situação de todos atletas e ver com qual grupo a gente joga pela Copa do Brasil. Sabemos que as lesões infelizmente voltaram a assombrar General Severiano. E temos que minimizar de alguma maneira", disse.

Botafogo e Cruzeiro se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão. O Alvinegro perdeu o primeiro confronto por 5 a 2. Para se classificar, precisa vencer por um placar mínimo de 4 a 0.