Camilo comenta interesse do Flamengo: 'Tenho contrato até 2018 com o Botafogo'

Meia afirma desconhecer interesse do rival em contar com seu futebol e se diz feliz com o momento vivido com a camisa alvinegra

Por O Dia

Rio - O histórico recente após a ida de Willian Arão para o Flamengo, faz com que o Botafogo ligue o alerta em relação as investidas dos rivais em seus destaques. Desta vez, o nome especulado em mudar de lado é Camilo. Principal jogador Alvinegro em 2016, o meia foi questionado sobre a sondagem nesta quarta-feira em entrevista coletiva e disse desconhecer qualquer tipo de contato por parte da equipe da Gávea, além de ressaltar que está feliz em General Severiano.

"Sou muito tranquilo. Até a mim não chegou nada. Deixar para os meus representantes e com o Botafogo. Estou concentrado hoje no Botafogo. Meu vínculo é aqui, estou feliz, quem sabe até estender. Tenho respaldo dos funcionários, atletas e contrato até 2018", afirmou Camilo.

Camilo diz que está feliz e adaptado ao BotafogoVitor Silva / SS Press / Botafogo

O Botafogo se garante pelo resplado do contrato. A multa rescisória de Camilo é de R$ 15 milhões e no fim do ano passa a ser de R$ 2,5 milhões. Para o exterior, a quebra de contrato custaria cerca de R$ 22,5 milhões. No campo, o meia vem provando o porque de tanto interesse do Alvinegro em mantê-lo. Desde sua estreia, a equipe de General Severiano melhor o aproveitamento de 30% para 56,8%. Já foram 17 jogos sem desfalcar o time.

"Durante esses 17 jogos que fiz houve 'n' situações que aconteceram comigo, contra o Coritiba senti na mesma semana, fiquei um mês e 20 dias com o ombro não bom. E antes da partida do América-MG senti, mas graças a Deus o exame não apontou nada grave. apontando nada grave, estamos trabalhando firme para estar 100% e ajudar a equipe."

Sobre a possibilidade de conseguir uma vaga no G-4, Camilo disse que a chance anima o elenco, mas que o foco ainda é alcançar os 46 pontos: "É importantíssimo para o clube, para a torcida, mas temos que ter uma sequência igual antes para a gente poder sonhar. Como o Jair e todos nós falamos, queremos o número de pontos porque colocaram no início do campeonato nosso time brigando na zona, então vamos primeiro brigar por esses 46 pontos e depois almejar coisas maiores."