Fogão trabalha para ficar com Jair Ventura

Técnico já negocia com a diretoria para permanecer no clube em 2017

Por O Dia

Rio - Sem a presença de Jair Ventura, o Botafogo iniciou a semana de trabalho visando à partida contra a Chapecoense, dia 16, na Arena Botafogo. Liberado para participar de um programa de TV em São Paulo, o técnico ‘sensação’ do Brasileiro também é pauta da diretoria alvinegra, que já iniciou as conversas para garantir a permanência dele em 2017.

Funcionário do clube, Jair Ventura teve o salário reajustado após a saída de Ricardo Gomes, mas não tem contrato e um novo modelo de vínculo é conversado. O trabalho do treinador conta com o apoio da diretoria e da torcida. Com aproveitamento de 71% no Brasileiro, Jair Ventura viu a chance de a equipe se classificar para a Libertadores da América aumentar para 95% a quatro rodadas do fim da competição.

Jair Ventura ganhará valorização para renovar contrato com o BotafogoVitor Silva / SS Press / Botafogo

Como no atual contrato de trabalho não há cláusulas ou multa rescisória, a diretoria alvinegra, além de valorizar o trabalho do técnico prata da casa, se protegeria do assédio de possíveis interessados. Ainda na função de auxiliar, ele recebeu propostas para deixar o clube, mas preferiu seguir em General Severiano. Filho de Jairzinho, tem escrito a própria história no Botafogo, cada vez mais próximo do sonho de disputar a competição continental.

ARGENTINO ESPECULADO

De acordo com a imprensa argentina, o atacante Carlos Auzqui, do Estudiantes de La Plata, estaria nos planos do Botafogo para a Libertadores. Ele soma quatro gols em oito partidas no Campeonato Argentino. Atualmente, o Botafogo conta com cinco estrangeiros no grupo. Carli e Canales têm contratos mais longos. Lizio, Salgueiro e Gervásio Núñez, até dezembro. Yacaré tem maiores chances de ter o vínculo prorrogado.