Jair Ventura garante luta pelo G-6 até o último minuto: 'Estamos vivos'

Apesar do empate com a Ponte Preta, o Botafogo se manteve entre os seis primeiros na classificação do Campeonato Brasileiro, com 56 pontos

Por O Dia

Rio - O empate com a Ponte Preta, no último sábado, na despedida da Arena, impediu com que o Botafogo firmasse os pés na Libertadores. O resultado manteve o Alvinegro no G-6, mas a decisão da vaga no torneio continental ficou para a última rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Jair Ventura lamentou o resultado, mas garantiu que o time ainda tem noventa minutos de muita luta para alcançar o último objetivo da temporada.

Jair Ventura mantém a confiança na briga pela vaga na LibertadoresVitor Silva / SS Press / Botafogo

"A gente fica triste porque poderia ter matado nossa situação hoje. Mas também sabemos que não tem nada decidido. Estamos vivos. Enquanto houver chances, vamos lutar até o ultimo minuto", disse o treinador.

LEIA MAIS: Victor Luis lamenta empate e critica postura da Ponte Preta

O treinador lembrou a surpreendente arrancada alvinegra no Brasileirão, que levou o time da zona de rebaixamento para o G-6. A reação também virou combustível para lutar pela vaga na Libertadores.

"A gente não vai gostar de ficar fora da Libertadores, até pela porque fomos nós que geramos essa situação. Quem gerou toda essa situação fomos nós. Estamos vivos. Mas para todo mundo o Botafogo já estava rebaixado. Quem gerou essa situação de Libertadores fomos nós e, enquanto houver um minuto de chance, o Botafogo vai lutar", concluiu.

Com 56 pontos, o Botafogo ocupa a sexta posição da classificação e tem o Corinthians na sua cola, com 55 pontos. O último compromisso no Campeonato Brasileiro será fora de casa, diante do Grêmio, no próximo domingo, às 17h.