Por jessyca.damaso


Espírito Santo - Com a necessidade de estar pronto antes dos rivais, já que tem uma decisão antecipada pela Libertadores daqui a dez dias, contra o Colo-Colo, o Botafogo entra em campo neste domingo levando a sério o amistoso contra o Rio Branco, às 17h, em Cariacica. O técnico Jair Ventura deve mandar a campo o que tem de melhor, com direito a estreia dos reforços Gatito Fernández, Jonas e Montillo, a principal contratação alvinegra.

O amistoso deste domingo é uma oportunidade de Jair Ventura entrosar os reforços de olho no duelo contra o Colo-Colo, dia 1 de fevereiro, no Nilton SantosVitor Silva / SS Press

Um dos poucos desfalques deve ser Camilo, que treinou na equipe reserva nas últimas atividades antes do jogo. Convocado para a seleção brasileira para atuar no amistoso contra a Colômbia, quarta-feira, no Nilton Santos, o meia deve começar o amistoso no banco de reservas. Quem também deve ser ausência é o zagueiro Joel Carli, com contratura muscular.

O amistoso também pode servir para apagar a má lembrança do ano passado, quando o Botafogo perdeu para a Desportiva (2 a 1) durante a pré-temporada.

OLHO NO COLO-COLO

O amistoso deste domingo é uma oportunidade de Jair Ventura entrosar os reforços de olho no duelo contra o Colo-Colo, dia 1 de fevereiro, no Nilton Santos. O volante Airton, um dos destaques da temporada passada, não esconde a ansiedade:

"Estamos focados no Carioca, tem estreia na semana que vem, mas sabemos que temos um jogo muito importante contra o Colo Colo, que vai decidir o que vai ser o nosso ano. Temos que dar o melhor para avançar de fase. Libertadores é um campeonato diferente".

Airton ainda cobra atenção redobrada na partida decisiva. "Em mata mata não pode ter erro, é crucial. Temos que ter a cabeça no lugar, pois pode haver catimba e outros fatores que envolvem esses jogos. Estamos com esse espírito", enfatizou.

Você pode gostar