Apesar de falha na partida, Jair Ventura passa confiança para Gatito Fernandez

Jogador foi o único titular que participou da partida contra o Macaé

Por O Dia

Gatito será o único titular contra o Macaé Vitor Silva / SS Press / Botafogo

Rio - Jair Ventura usou o exemplo do menino Gustavo Bochecha, que fez neste sábado a estreia em jogos oficiais pelo Botafogo, para ilustrar o motivo de poupar o time titular para o confronto decisivo contra o Colo-Colo, quarta-feira, no Chile. Ainda no primeiro tempo o jogador sofreu uma lesão no joelho e preocupa.

"Fica mais claro para as pessoas que duvidam o motivo de poupar. A estreia do Gustavo... Teve uma lesão séria. Por isso, temos que poupar", disse.

A vitória de 2 a 1 sobre o Macaé foi muito comemorada pelo treinador, que minimizou a falha do único titular alvinegro em campo, o goleiro Gatito Fernandez, no gol do Macaé.

"O futebol é um esporte coletivo. Todo mundo perde e ganha junto. Falei que essa vitória foi para ele. O grupo confia nele. Tudo na vida é confiança e foi isso que passei para ele. É o nosso goleiro e bola para frente", disse confiante.

Nos dois gols alvinegros, chamou a atenção a comemoração do treinador do Botafogo que correu para abraçar Rodrigo Lindoso e Vinicius Tanque.

"Vitória é sempre bom, principalmente para o treinador. Eu gosto sempre de ganhar e isso ficou claro no momento da comemoração e acabei passando um pouco do limite. Parecia um gol de final de Copa do Mundo. Eu sou assim, sou coração... Cada jogo na vinha vida será assim. Isso que eu tento transmitir para minha equipe", finalizou Jair.