Jair Ventura exalta momento favorável: 'Coisas que só acontecem com o Botafogo'

Glorioso se classificou após disputa de pênaltis contra o Olimpia

Por O Dia

Paraguai - A classificação do Botafogo na fase de grupos foi história e dramática. Depois de eliminar o Colo-Colo nos minutos finais, no Chile, nesta quarta-feira foi a vez do Olimpia, na disputa de pênaltis. E vaga veio com a contribuição de Gatito Fernández, que estava no banco, entrou na partida por conta de uma lesão de Helton Leite, e defendeu três cobranças da equipe paraguaia. Em entrevista coletiva, Jair Ventura ressaltou a presença do imponderável, que desta vez, esteve do lado do clube carioca.

Jair Ventura comemorou classificação no ParaguaiVitor Silva / SS Press

"Tem coisas que só acontecem com o Botafogo. Perdemos uma substituição por conta da lesão do Helton. Mais uma lesão atrapalhando nossos planos. Perdemos o Montillo, o Jonas (por cartão)... Difícil. Muitas coisas difíceis. Foram quatro finais em 30 dias para nos prepararmos. Fomos na raça, na garra, na intensidade. A cara do Botafogo. Hoje tivemos resiliência. Tínhamos nossa estratégia para atacar, mas não conseguimos a transição rápida. Com passes em velocidade. Foi para os pênaltis. E numa noite feliz do Gatito e dos nossos cobradores, conseguimos essa tão sonhada classificação. Pegamos dois gigantes sul-americanas. Mas o Botafogo é gigante também. Fico feliz. Agora começa a Libertadores. Fico feliz de ganhar de clubes grandes. Nos credencia a chegar mais fortes na fase de grupos", afirmou.

Passadas as quatro decisões iniciais, o Botafogo agora tem seis confrontos certos pela fase de grupos da Libertadores. O primeiro é contra mais uma gigante da competição, o Estudiantes, que tem quatro taças do torneio. A data do primeir confronto é especial para Jair Ventura.

"Dia 14/3 é a nossa estreia. Dia do meu aniversario, no nosso estádio, contra o Estudiantes. Nosso grupo é muito difícil. Vamos lá. Lutamos tanto para isso. Seria muito ruim ficar fora depois de tudo que passamos. Saímos da rebaixamento de rebaixamento e estamos aqui. Um passo gigante. Fico muito feliz. Levamos o Botafogo onde o Botafogo tem que estar", disse.