Joel celebra primeiro gol pelo Botafogo e relembra problemas com visto

Atacante camaronês já foi impedido de jogar pela Libertadores, quando ainda era jogador do Cruzeiro, por problemas com a imigração

Por O Dia

Rio - O último jogo do Botafogo pelo Campeonato Carioca marcou o primeiro gol de Joel pelo clube. Depois de ser contratado durante a pré-temporada, o camaronês já havia participado de outras partidas, mas só desencantou contra o Bangu. O atacante comemorou o feito e falou sobre a Libertadores.

Joel garantiu que já acertou todos os detalhes para viajar com o Botafogo pela LibertadoresReprodução Twitter

Pai de uma menina chamada Sophie, Joel terá mais um filho em breve. Depois de marcar contra o Bangu, o camaronês comemorou de uma maneira já tradicional, simulando uma gravidez com uma das bolas do jogo. O primeiro gol será o primeiro de muitos, segundo o centroavante.

"Fiquei feliz pela vitória, precisávamos para passar concorrentes, temos que nos classificar de qualquer jeito. E poder fazer o gol, espero que seja o primeiro de muitos. Dá tranquilidade, certa confiança para poder continuar. E atacante vive de gols, só trabalhando para manter isso."

Além disso, o atacante classificou a Libertadores como uma experiência única, comparando a competição à Champions League. Joel também relembrou problemas que já teve com a imigração em outras oportunidades, quando jogava pelo Cruzeiro, mas garantiu que tudo está certo desta vez.

"Experiência única, todos os clubes lutam para disputar, para nós aqui é Champions League. A gente vê vários estilos de jogo, muito disputado. Consegui [o visto]. Já sofri com isso em 2015 pelo Cruzeiro. Tinha um jogo da Libertadores na Argentina, e não pegamos o visto. Não me liguei, achei que ia passar com a delegação, mas em termos de país não abriram exceção, e acabei voltando", comentou o atleta.