Apesar da maratona de jogos decisivos, Rodrigo Pimpão vê o Botafogo preparado

Atacante afirma que enxerga o grupo fortalecido e focado na lotada agenda alvinegra nesta temporada 2017

Por O Dia

Rio - A agenda alvinegra está cheia de compromissos a curto prazo e não oferece brechas para lamentações. A queda na semifinal do Carioca faz parte do passado. Com a classificação encaminhada na Libertadores, na condição de líder do Grupo 1, o Botafogo troca o ‘chip’ para a Copa do Brasil. Em partida pelas oitavas de final, contra o Sport, nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio Nilton Santos, Rodrigo Pimpão garante que a ambição da equipe continua alta.

Rodrigo Pimpão destaca importância do duelo com o Sport pela Copa do BrasilVitor Silva / SS Press

"São competições parecidas (Copa do Brasil e Libertadores). São dois jogos, assim como na pré-Libertadores. É jogar com vontade, garra, como é o DNA da nossa equipe, e conseguir um bom resultado em casa", disse Pimpão.

Garra é uma característica no Botafogo comandado pelo técnico Jair Ventura. Após a maratona de 11 dias entre Colômbia e Equador, o Alvinegro desembarcou no Rio na véspera do clássico diante do Flamengo. O cansaço e o pouco tempo de recuperação pesaram, mas não diminuíram a determinação dos jogadores, que lutaram até o fim.

Pimpão vê o grupo fortalecido e focado na lotada agenda alvinegra na temporada. "Para mim, a Copa do Brasil é de extrema importância porque não tenho esse título ainda. Buscamos para o clube e para a gente. Libertadores nem se fala, além de começar o Brasileiro bem, se começar mal, é difícil correr atrás. O foco agora está na Copa do Brasil, já estamos nas oitavas de final, e é um passo para a Libertadores do próximo ano", destacou Pimpão.

Bem-humorado, o atacante elogiou o adversário Diego Souza, também reconhecido pelos bonitos gols de voleio e bicicleta, e cobrou atenção com o camisa 87 do Sport.

"É um jogador de Seleção, diferenciado, temos que tomar muito cuidado. A qualquer momento ele dá um drible, finaliza", alertou.