Desfalcado, Botafogo busca superação diante do Santos no Pacaembu

Equipe comandada por Jair Ventura vai a campo sem cinco titulares

Por O Dia

Rio - Técnico revelação do Brasileiro de 2016, Jair Ventura mantém a sina de reinventar o Botafogo. O número de desfalques para o confronto com o Santos, nesta quarta-feira, às 21h, no Pacaembu, chega a cinco: Gatito Fernández, convocado pela seleção do Paraguai, Bruno Silva, suspenso, além de Victor Luis, Airton e Camilo, machucados. Reclamar, porém, não é uma características do operário e aguerrido Botafogo.

Gilson vai assumir a vaga de Victor Luis na lateralReprodução Twitter

"Nós, que somos reservas, temos que estar sempre preparados para aproveitar a oportunidade. Venho me preparando desde janeiro para contribuir para a nossa equipe seguir vencendo", destacou Gilson, que assume a vaga de Victor Luis na lateral.

Com Jefferson recuperado da lesão no braço esquerdo e a cada dia mais perto da volta, Helton Leite ganha uma nova chance. O goleiro perdeu a posição de titular para Gatito após uma lesão muscular contra o Olimpia, em Assunção, na pré-Libertadores.

Sem lamentar os desfalques, o técnico Jair Ventura comemora a recuperação de Montillo. Após 14 partidas ausente, o apoiador argentino voltou a ser relacionado. As lesões na coxa e na panturrilha direita fazem parte do passado. Após um intenso e cuidadoso trabalho de fortalecimento muscular e recondicionamento físico, o camisa 7 está à disposição e fica como opção no banco.

"Nunca tive uma lesão grave. Infelizmente faz parte da nossa profissão. Existe um receio na volta, mas Montillo vem fazendo um trabalho para isso. Ele é importante para o Botafogo. É um craque e faz muita falta para nós. Quando voltar a jogar, Montillo nos dará muitas alegrias", destacou Gilson.

Antes do embarque para São Paulo, o presidente Carlos Eduardo Pereira se reuniu com os jogadores no gramado. Além de parabenizar o grupo, acertou o pagamento do bicho do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.