Roger dá receita: 'Libertadores é o melhor remédio para curar derrotas'

Botafogo vem de resultados ruins no Brasileirão e na Copa do Brasil

Por O Dia

Rio - Um triunfo sobre o Nacional, do Uruguai, nas oitavas de final da Copa Libertadores não valerá somente uma vaga nas quartas da competição sul-americana. Para os jogadores do Botafogo, bons resultados nos jogos de ida e volta do confronto, que será aberto nesta quinta-feira, em Montevidéu, também servirá para compensar as recentes derrotas no Campeonato Brasileiro.

Nas últimas duas rodadas, o time carioca foi batido pelo líder Corinthians e pelo então lanterna Avaí, causando uma queda na tabela de classificação. Neste domingo, o adversário será o Atlético Mineiro, que finalmente ganhou embalo no Brasileirão. "A Libertadores é o melhor remédio para curar essas derrotas", pregou o atacante Roger, nesta terça-feira.

Roger falou sobre momento do BotafogoReprodução Twitter

O "remédio" pode vir nesta quinta-feira, no Uruguai. "Queremos muito jogar esse jogo, está na nossa cabeça há dias. Desde o sorteio já falamos da viagem, do adversário, do modo de jogo. Está na hora. Não é legal somarmos três derrotas. Não para o grande ano que estamos fazendo. Está na hora e na quinta-feira essas derrotas vão acabar", prometeu o centroavante.

Roger aposta na postura mais aguerrida que o Botafogo vem mostrando na Libertadores, desde a fase preliminar. "Acho que a experiência da pré-Libertadores nos fortaleceu. A desconfiança era muito grande, um time novo, com muita gente chegando. Enfrentamos campeões depois de muito tempo sem jogar a competição. Foram barreiras que nos fortaleceram", declarou.

"Acho que temos uma característica. Desde a pré-Libertadores ficamos conhecido como o time que corre muito e se entrega. E não temos que mudar isso. Temos que aproveitar a bola parada e contragolpear bem. É ter calma no início, não adianta ir para cima no começo. É marcar bem forte e ir para cima. Sabemos que assim somos bem fortes", afirmou Roger.

O jogo de ida contra o Nacional-URU está marcado para as 21h45 (de Brasília) desta quinta-feira, no estádio Parque Central, em Montevidéu. A partida da volta será disputada somente no dia 10 de agosto, às 19h15, no estádio do Engenhão, no Rio.