Condenação por agressão a ex-mulher atrasa regularização de reforço do Botafogo

Leo Valencia enfrenta dificuldade para tirar o visto de trabalho no Brasil

Por O Dia

Rio - Um imbróglio na Justiça do Chile tem atrasado a regularização de Leo Valencia, novo reforço do Botafogo para o restante da temporada. Condenado a cumprir uma pena alternativa por agressão a ex-mulher, o apoiador enfrenta dificuldade para tirar o visto de trabalho no Brasil.

Leo Valencia tem problemas com a Justiça chilenaDivulgação / Botafogo

A informação foi revelada pelo canal de televisão '‘Esporte Interativo'. O departamento jurídico do Botafogo está em ação. A ideia é que Leo Valencia cumpra o restante da pena alternativa no Brasil.

O Ministério da Justiça já analisa o caso do reforço chileno, que segue impedido de tirar o visto de trabalho e de ser registrado na CBF.

Fogão desfigurado

Entre suspensos e poupados, o Botafogo terá seis desfalques para enfrentar o lanterna Atlético-GO, neste domingo. Além de Emerson, Carli, Igor Rabello e Rodrigo Pimpão, suspensos, a comissão técnica decidiu poupar Rodrigo Lindoso e Roger, artilheiro do time no Brasileiro, com seis gols. O sexteto, inclusive, já voltou para o Rio.

“Tem que se reinventar, a gente vai mostrar a força do nosso enxuto elenco. Vão aqueles que estiverem em condições físicas de disputar esse jogo fora. A gente sempre busca o melhor time”, disse o comandante alvinegro.