Botafogo adota espírito da Liberta para bater o Galo e seguir na Copa do Brasil

Nem mesmo a derrota de 1 a 0, no primeiro embate, em Belo Horizonte, diminui a confiança de Jair Ventura & Cia no poder de superação alvinegro

Por O Dia

Rio - A série de mata-matas iniciada ainda na pré-Libertadores forjou o espírito do Botafogo para a decisão que o espera no confronto com o Atlético-MG, às 19h30, no Nilton Santos. A vitória por dois gols de diferença vale uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. Nem mesmo a derrota de 1 a 0, no primeiro embate, em Belo Horizonte, diminui a confiança de Jair Ventura & Cia no poder de superação alvinegro.

Jair Ventura afirma: 'nosso grupo é muito focado'Vítor Silva/SSPress/Botafogo

"Estamos calejados com essa situação. Começamos muito cedo com o mata-mata por conta da pré-Libertadores. Às vezes, a gente se pega e perguntando qual é a competição, mas nosso grupo é muito focado. Cada jogo é uma decisão. Entramos sempre ligados em todas as partidas", destacou Jair Ventura.

Se é na força do coletivo que o comandante alvinegro aposta, ele tem contra o Galo a volta dos revigorados titulares no Nilton Santos. Poupados na rodada do fim de semana, pelo Brasileiro, nove 'reforços' estarão em ação hoje à noite. Entre eles, Roger. Artilheiro do time no ano, com 12 gols, o camisa 9 é uma peça-chave. Depois do susto no treino de terça-feira, Rodrigo Pimpão, recuperado do incômodo no tornozelo direito, tem escalação garantida.

Com a volta de Carli, Igor Rabello e Victor Luis, Jair Ventura aposta na solidez do sistema defensivo alvinegro para enfrentar o forte poderio ofensivo do Galo e fazer uma apresentação sem risco.

"Não queremos sofrer. No Botafogo não tem que ser tudo sofrido. Queremos que seja da maneira mais fácil, mas nem sempre dá. Minha maior preocupação para esse jogo é não levar gol. Porque o gol fora de casa vale mais. O Atlético tem um DNA muito ofensivo", afirmou Jair.