Botafogo busca auxílio da CBF contra 'erros sistemáticos' a favor do Flamengo

Presidente alvinegro mostrou preocupação com escolha da arbitragem para partida contra o rival, pelas semifinais da Copa do Brasil

Por O Dia

Rio - Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo, voltou a polemizar antes do confronto contra o Flamengo, pela Copa do Brasil. O mandatário foi à CBF e pediu atenção especial à arbitragem para as semifinais da competição, se posicionando contra o que chamou de "erros sistemáticos" a favor do Rubro-Negro.

Carlos Eduardo Pereira prometeu lutar contra erros de arbitragem favoráveis ao FlamengoVitor Silva / SS Press

Expressando sua preocupação, o dirigente alvinegro citou alguns "fatos incríveis" e garantiu que, no Estádio Nilton Santos, o clube fará de tudo para que não haja nenhuma forma de interferência externa.

"A arbitragem é um problema. Realmente estamos bastante preocupados com essa questão, uma vez que nosso adversário tem sido sistematicamente favorecido pelas arbitragens. Fatos incríveis. Árbitros resolvem refletir após marcarem os pênaltis, consultar auxiliares que estão distantes do lance. Ontem mesmo tivemos um gol anulado do Corinthians contra o nosso adversário. No Nilton Santos, faremos todos os esforços para que não haja interferência externa."

Em declaração bastante polêmica, Pereira explicou que busca um "consenso" na escolha do árbitro. Entretanto, deixou claro que o procura para que a arbitragem não desagrade o Botafogo, pouco se importando com possíveis erros contra o rival.

"Eu vou levar o pleito do Botafogo no sentido que se escolha uma arbitragem de experiência e que não tenha histórico dessas ocorrências turbulentas. Quando eu falo em consenso é para que a arbitragem não desagrade ao Botafogo. Se vai desagradar ao meu adversário, não me diz respeito."

O primeiro jogo entre os dois times será no próximo dia 16, no Nilton Santos. A partida de volta será na semana seguinte, na Ilha do Urubu.