Estádio Nilton Santos é trunfo para Botafogo chegar na Libertadores

Clube de General Severiano recebe Atlético-PR e Atlético-GO nas próximas rodadas e tem chance de encaminhar bem a classificação

Por O Dia

Rio - O Botafogo está de volta. Essa foi a análise de Jair Ventura após a suada vitória de 2 a 1 sobre o Sport. A entrega coletiva na Ilha do Retiro é o fator que pode fazer a diferença na conquista de uma vaga na Libertadores. O dever de casa bem feito nos confrontos com Atlético-PR e Atlético-GO, no Nilton Santos, aproximará ainda mais o Glorioso da sonhada classificação nas próximas duas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Torcida alvinegra fez a festa no Nilton SantosAlexandre Brum / Agência O Dia

"Fizemos duas substituições por ordem médica (Rodrigo Lindoso e João Paulo) e atrapalhou um pouco. Mesmo assim o que vale é a luta, a entrega coletiva. O Botafogo voltou a ser o Botafogo do ano todo. Somos os líderes do returno", disse Jair Ventura.

Longe de ser brilhante na Ilha do Retiro, o Botafogo aproveitou as poucas oportunidades que teve e resistiu à pressão do Sport para confirmar o valioso resultado. Com objetivo de chegar ao G-4, o Alvinegro tem o fator casa como diferencial para se consolidar na zona de classificação para a Libertadores.

"Foi um resultado importante. Ficamos devendo no clássico com o Fluminense. O mais importante é que vencemos e voltamos a nos impor em campo. É fundamental vencer os próximos dois jogos. Temos que nos dedicar para fazer valer nosso mando de campo", destacou Arnaldo.

O último compromisso no Nilton Santos foi marcado pelas vaias e cobranças do torcedor após a derrota de 2 a 1 para o Fluminense, de virada. Com 60,4% de aproveitamento em casa, o Glorioso soma nove vitórias, dois empates e cinco derrotas no Niltão no Brasileiro. Chegou a hora de deslanchar.

"Este campeonato é muito difícil. Qualquer equipe pode ganhá-lo. Temos que manter os pés no chão e fazer o que estamos fazendo durante a temporada", disse Arnaldo.