Sem divisão de renda com Vasco, Flu pode lucrar mais de R$ 1 milhão

Com a recusa da proposta do Fluminense, os vascaínos terão direito à toda renda do clássico no segundo turno do Brasileiro

Por O Dia

Rio - Na última reunião, Fluminense e Vasco entraram em acordo sobre o destino da renda referente aos 43 mil lugares atrás dos gols do Maracanã no clássico deste domingo. A diretoria tricolor, com o mando de jogo, sugeriu que o montante fosse dividido em partes iguais, mas os cruzmaltinos não aceitaram o pedido, deixando o total para as Laranjeiras, o que deve gerar mais de R$ 1 milhão.

Clássico no Maraca pode gerar grande lucro para o FluEduardo Cardoso / Agência O Dia

Com a recusa da proposta do Fluminense, os vascaínos terão direito à toda renda do clássico no segundo turno, podendo aceitar propostas de não atuarem no Rio de Janeiro. Apesar de o Tricolor ser mandante, o Maracanã será dividido igualmente entre as duas torcidas, um primeiro teste para o estádio reformado para Copa do Mundo e Copa das Confederações.

De acordo com contrato firmado com o consórcio responsável pelo estádio, o Maracanã S.A., o Fluminense não terá despesas para o jogo, por isso a renda com a venda dos ingressos das laterais do campo ficarão com a administradora do local. Será a primeira oportunidade de a diretoria tricolor começar a ver os resultados da escolha de ter o Maracanã como casa nos próximos anos.

Sem casa no início da temporada, já que o Engenhão estava interditado e o Maracanã ainda em reforma, o Fluminense jogou a fase decisiva da Libertadores em São Januário, mas a torcida tricolor não correspondeu às expectativas e não encheu o estádio vascaína. Com a esperança de o imponente estádio carioca ser um atrativo para o clássico, a diretoria colocou os ingressos custando R$ 60 (R$ 30 meia-entrada).

Últimas de _legado_Brasileirao 2013