Por pedro.logato

Rio - Atuando no Maracanã, o Botafogo derrotou o Vasco por 3 a 2, em uma partida cheia de emoções. O Glorioso abriu 2 a 0 de vantagem, permitiu o empate do Cruzmaltino, mas acabou derrotando o rival.

O destaque da partida foi Rafael Marques, que marcou duas vezes no confronto. Com o resultado, o Alvinegro chegou aos 23 pontos, e lidera de forma isolada o Brasileirão, com dois pontos a mais do que o vice-líder, Cruzeiro.

Na próxima rodada, o Glorioso vai até o estádio Independência, onde vai encarar o Atlético-MG, nesta quarta-feira. Para tentar se reabilitar, o Vasco recebe a Ponte Preta, na quinta-feira, em São Januário.

Rafael Marques decidiu clássico para o BotafogoMárcio Mercante / Agência O Dia

O JOGO

O Botafogo iniciou a partida pressionando, com apenas 2 minutos, o Glorioso quase abriu o marcador. Lodeiro arriscou de fora da área e Diogo Silva fez bela defesa. Aos 14 minutos, outro boa oportunidade. Vitinho fez bela jogada, passou por três adversários e chutou, mas a bola passou por cima do goleiro do Vasco.

Aos 22 minutos, um lance polêmico. Juninho cobrou falta e André desviou para as redes. No entanto, o lance foi invalidado. O árbitro da partida sinalizou que o atacante estava impedido. Um minuto depois, o Alvinegro abriu o placar. Gabriel arriscou de longe e a bola se ofereceu para Rafael Marques, que só ticou de Diogo Silva. Aos 30 minutos, o Glorioso ampliou. Vitinho deu belo passe para Seedorf, o holandês ficou na cara de Diogo Silva e só teve o trabalho de encobrir o goleiro do Cruzmaltino.

A partida não estava boa para os vascaínos, um minutos depois de levar o segundo gol, o volante Guiñazu, que fazia a sua estreia, sentiu uma lesão e deixou a partida, dando lugar a Wendel. Aos 37 minutos, quase que o Alvinegro fez mais um. Rafael Marques recebeu em condição legal e ficou cara a cara com Diogo Silva, mas o atacante finalizou para fora. Porém, no fim da primeira etapa, o Vasco diminuiu. Juninho fez bela jogada e ficou na cara de Jefferson, o Reizinho só rolou para André, que marcou para a equipe Cruzmaltina.

O segundo tempo começou eletrizante. Com 2 minutos, o Vasco chegou ao empate. Juninho rolou para Eder Luis, que chutou na trave, no rebote a bola sobrou para André, que só tocou para dentro. Um minuto depois, o Botafogo fez o terceiro. Rafael Marques recebeu, deixou Nei no chão, e finalizou no ângulo de Diogo Silva, marcando um golaço.

A partida seguia aberta, mas com o Glorioso tendo mais calma no último passe. Aos 16 minutos, Vitinho deu bela arrancada e deixou Lodeiro na cara do gol. O uruguaio chutou em cima do goleiro Diogo Silva, que salvou o Vasco de levar mais um gol.

No fim do jogo, o Botafogo passou a sentiu cansaço e foi cedendo campo ao Vasco. Aos 30 minutos, o Cruzmaltino perdeu grande chance de empatar o confronto. Yotún cruzou, a bola passou pela defesa alvinegra, mas Fágner não conseguiu desviar para o gol do rival. O Cruzmaltino ainda buscou o empate, mas também sentiu o desgaste físico e acabou não conseguindo mais alterar o marcador.

Você pode gostar