Por rafael.arantes

Rio - O meia espanhol Fran Mérida foi protagonista na noite de quinta-feira ao marcar, em sua estreia, o primeiro gol da vitória de virada do Atlético-PR diante do Flamengo em pleno Maracanã, pelo placar de 4 a 2. O gol de Mérida aconteceu quase 50 anos depois que José Ufarte, conhecido como "Espanhol", deixou em 1964 o futebol brasileiro, com uma marca de 25 gols com as camisas de Flamengo e Corinthians, para defender o Atlético de Madrid.

Fran Mérida marcou um dos gols da vitória do Atlético-PR sobre o FlamengoDivulgação

O catalão de 23 anos não tinha atuado em nenhuma das 21 rodadas anteriores do Campeonato Brasileiro e sua escalação como titular no Rio de Janeiro foi uma surpresa por parte do técnico Vágner Mancini. O Flamengo chegou estar na frente do placar, com uma vantagem de 2 a 0, com gols de Luiz Antônio e Hernane, mas Mérida, que fazia sua estreia com a camisa do Atlético-PR, descontou e abriu o caminho para os gols de Roger, Marcelo e Dellatorre. Mérida, jogador das seleções de base da Espanha, começou no Barcelona e depois foi transferido muito jovem para o Arsenal, de onde saiu para ser emprestado ao Real Sociedad, para voltar ao clube inglês em 2008.

Após passagem pelo futebol inglês, Mérida foi jogador do Atlético de Madrid, Sporting de Braga e Hércules, seu anterior clube antes de ser contratado pelo Atlético-PR. Antes de Mérida, outros espanhois passaram pelos gramados brasileiros como Norberto Sánchez, goleiro do Bangu na década de 70; um atacante ibérico de sobrenome González, no Palmeiras e no Galícia da Bahia nos anos 60, e os irmãos Joaquín e Elías Martin, no Britania, do estado do Paraná, em 1918.

Você pode gostar