Por pedro.logato

Rio - No Maracanã, mesmo com o Botafogo contando com apenas três titulares, a partida foi bastante equilibrada. O Alvinegro saiu na frente, mas acabou permitindo o empate vascaíno por 2 a 2.

Na próxima rodada, o Cruzmaltino tem partida decisiva contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Enquanto isso, o Glorioso recebe o Atlético-MG, no Maracanã. O primeiro jogo acontece no domingo e o segundo no sábado.

Partida entre Vasco e Botafogo foi equilibradaAlexandre Brum / Agência O Dia

O JOGO

O início do clássico foi péssimo para o Vasco. Precionado e nervoso pela posição na tabela, o Cruzmaltino levou dois gols com seis minutos. Primeiro, Dankler abriu o placar para o Botafogo, após cobrança de escanteio.

Na jogada seguite, o Glorioso chegou ao seu segundo gol. Lodeiro arriscou, Diogo Silva largou a bola e o próprio uruguaio, chutou novamente para ampliar o marcador para o time alvinegro.

Após o começo avassalador do Glorioso, o Vasco conseguiu se acalmar um pouco e quase diminuiu aos 24 minutos. Marlone bateu falta e Cris desviou para grande defesa de Jefferson. O Alvinegro respondeu logo depois em uma cabeçada de Lodeiro. No fim da primeira etapa, o Cruzmaltino voltou a assustar com chute de Marlone, mas o goleiro alvinegro fez outra boa defesa.

Dorival resolveu fazer substituições para o segundo tempo. Juninho e Thalles entraram nos lugares de Fillipe Soutto e Montoya. Com uma postura mais ofensiva, o Vasco conseguiu diminuir aos 8 minutos. Após escanteio, Jomar subiu de cabeça e marcou para o Cruzmaltino.

Aos 20 minutos, o Alvinegro teve duas grandes chances de marcar o terceiro. Cris cortou errado, e Gegê finalizou forte, Diogo Silva fez boa defesa, mandando para escanteio. Na cobrança, a bola passou pela área toda e a bola foi para fora.

Como quem não faz leva, no lance seguinte, o Vasco empatou. Após confusão na área alvinegra, Pedro Ken desviou a bola para o fundo das redes do clube de General Severiano.

Depois do gol de empate, a partida pegou fogo no Maracanã. Com um psicológico mais favorável, o Cruzmaltino passou a pressionar mais o Alvinegro. Porém, nenhuma das duas equipes conseguiu criar grandes oportunidade e o confronto seguiu empatado até o fim.

Você pode gostar