Por fabio.klotz
Publicado 07/12/2013 20:41 | Atualizado 07/12/2013 20:42

Rio - Dois grandes clubes cariocas jogam neste domingo à tarde pelo Brasileiro com a cabeça na guilhotina, temendo a ação do carrasco do rebaixamento. A tão temida degola apavora os torcedores de Fluminense e Vasco, times que fizeram campanhas vexaminosas e que chegam à última rodada com apenas uma certeza: no melhor cenário, um dos dois vai jogar a Série B em 2014; no pior, ambos estarão na Segundona, algo inédito na história do futebol do Rio.

Edmilson tem se destacado nas últimas rodadasAlexandre Brum / Agência O Dia

Com 43 pontos, em 18º lugar, o Fluminense tem 85% de risco de não permanecer na Série A. O Tricolor carioca entra em campo às 17h, na Fonte Nova, em Salvador, para enfrentar o Bahia, que, até a rodada anterior, antes de obter o milagre da vitória sobre o campeão Cruzeiro, também era candidato a deixar a Primeira Divisão. A situação do clube das Laranjeiras é tão difícil que nem mesmo a vitória fora de casa (total obrigação!) é garantia de mais um ano na elite. Ainda tem de torcer para que Vasco e Coritiba, que enfrentam Atlético-PR e São Paulo fora de casa, não vençam.

Sem Fred, Sobis virou o 'cara' do FluminenseMárcio Mercante / Agência O Dia

O Gigante da Colina, 17º colocado, com 44 pontos, balança fortemente na Série A, com 83% de risco de cair. E também está longe de ter tarefa simples. Além da exigência de vencer em Joinville (SC), tem de secar o Coritiba, que não pode ganhar, ou o Criciúma, que precisa perder para o Botafogo no Maracanã, ou o Internacional, que também teria de perder para a Ponte Preta no Sul.

BRIGA PELO G-4

Já o Botafogo ainda luta por vaga na Libertadores. Em 5º lugar, com 58 pontos, o Glorioso também não depende das próprias forças. Bem longe disso. Após passar 29 rodadas consecutivas no G-4, o time perdeu fôlego, tropeçou seguidas vezes e agora tem de secar Goiás e Atlético-PR. Com 30% de chances de encerrar o Brasileirão no seleto grupo, o Alvinegro tem de contar com a ajudar de um rival carioca: além de derrotar o Criciúma, precisa de vitória do Vasco sobre o Atlético-PR. Se a essa combinação se juntar a empate ou derrota do Goiás diante do Santos, no Serra Dourada, melhor ainda: o Botafogo fecharia o campeonato em terceiro lugar. A vaga pode até vir com um empate com o Criciúma. Mas, nesse caso, o time precisaria de derrotas de Goiás e Atlético-PR e que o Vitória não vencesse o Atlético-MG.

Seedorf é uma das esperanças do Botafogo de ir para a LibertadoresMárcio Mercante / Agência O Dia

Enquanto três grandes cariocas passam a rodada às voltas com contas e mais contas, o torcedor do Flamengo simplesmente curte o domingo. Com vaga assegurada na Libertadores após conquistar a Copa do Brasil, espera o fim dos jogos para saber de quem tira sarro. Se tudo der certo (ou errado para os rivais!), a segunda-feira será pequena para tanta zoação rubro-negra!

Você pode gostar