Fred marca e Fluminense vence o Flamengo

Atacante da seleção brasileira e Chiquinho, aos 41 minutos do segundo tempo, decretaram o triunfo tricolor

Por O Dia

Rio - O Fluminense se recuperou do tropeço contra o Vitória, e venceu o clássico diante do Flamengo, por 2 a 0. Fred abriu o placar de cabeça, aproveitando falha de Felipe. Quando o Tricolor passava sufoco na segunda etapa, Chiquinho decretou o triunfo, com um gol aos 42 minutos do segundo tempo.

O resultado coloca o time das Laranjeiras na vice-liderança, com nove pontos conquistados. O próximo confronto da equipe é contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul. A derrota deixou o Rubro-Negro na 14ª colocação, com quatro pontos somados. Na próxima rodada, o time da Gávea recebe o São Paulo, no Maracanã, no domingo, às 16h.

Fred celebra o gol no Fla-Flu Alexandre Brum / Agência O Dia

>>>FOTOGALERIA: Confira as imagens da vitória tricolor 

O JOGO

O Fluminense abriu o placar aos 10 minutos do primeiro tempo. Conca bateu o escanteio na pequena área, o goleiro Felipe não saiu do gol, e Fred cabeceou livre: 1 a 0. O lance gerou muita reclamação dos rubro-negros. O Tricolor marcava a saída de bola, não deixava espaços e dificultava vida do Flamengo.

Com o meio de campo muito congestionado, a partida tinha poucas chances de perigo para os dois lados. O Fluminense era melhor na hora de trabalhar as jogadas e assustou novamente aos 30. Rafael Sobis arriscou de longe, Felipe espalmou para frente, e fez a defesa em dois tempos.

O Rubro-Negro só conseguiu acertar a meta defendida por Diego Cavalieri em uma cobrança de falta, aos 43. Samir soltou a bomba e o goleiro tricolor mandou para escanteio.

Tentando deixar o time mais ofensivo, o técnico Jayme de Almeida promoveu a entrada de Negueba no lugar de Luiz Antonio, mudando o esquema tático. Apesar da alteração, quem começou a segunda etapa no ataque foi o Fluminense. Jean recebeu na entrada da área, chutou no cantinho, mas Felipe espalmou. Fred ainda tentou pegar o rebote, mas chegou atrasado.

Aos 5, o Flamengo respondeu. Paulinho puxou o contra-ataque, levantou a bola na área, mas Alecsandro e Mugni não completaram a finalização. Como o Rubro-Negro não chegava com perigo, Jayme fez mais duas alterações. Tirou o meia argentino para botar Arthur. Cáceres deu lugar a Muralha.

O estreante quase fez o dele. Com dois minutos dentro de campo, recebeu na área, mas bateu por cima do gol. Aos 27, Alecsandro aproveitou o escanteio, subiu mais que todo mundo, mas cabeceou para fora. O time da Gávea cresceu na partida e passou a encurralar o Tricolor, que esperava para sair no contra-ataque.

E ele saiu aos 42 minutos. Walter driblou o marcador, tocou para Conca, que ajeitou para deixar Chiquinho sozinho na frente do goleiro. O meia não desperdiçou e decretou a vitória tricolor no Maracanã: 2 a 0.

FLUMINENSE X FLAMENGO

Gols: Fred (Fluminense), Chiquinho (Fluminense)

Cartões Amarelos: Paulinho (Flamengo), Cáceres (Flamengo), André Santos (Flamengo), Carlinhos (Fluminense), Lucas Mugni (Flamengo), Chiquinho (Fluminense) 

Cartões Vermelhos:

Fluminense: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Elivelton, Carlinhos; Diguinho, Jean, Wagner (Chiquinho), Conca; Rafael Sobis e Fred (Walter).

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir, André Santos; Cáceres (Muralha), Márcio Araújo, Luiz Antonio (Negueba), Mugni (Arthur); Paulinho e Alecsandro.