Rafael Moura diz que não compreendeu as vaias da torcida do Internacional

Sem marcar gols há oito jogos, atacante do Colorado foi cobrado contra o Figueirense e divulgou nota nesta terça-feira

Por O Dia

Rio Grande do Sul - No último domingo, o Internacional sofreu a derrota de 3 a 2 para o Figueirense em pleno Beira-Rio, em jogo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Durante os 90 minutos, o atacante Rafael Moura sofreu com as vaias da torcida, mesmo quando o Colorado vencia por 2 a 0. Através de uma nota divulgada nesta terça-feira, o jogador desabafou sobre a cobrança e disse que não compreendeu a atitude dos torcedores.

Rafael Moura diz que não compreendeu as vaias da torcida do InternacionalDivulgação

No jogo deste domingo, Rafael Moura aumentou a seca de gols pelo Internacional. Titular da equipe de Abel Braga, ele não balança as redes adversárias há oito jogos.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

Confira abaixo a nota de Rafael Moura:

"Sinceramente, não entendi no último jogo, quando nossa equipe ainda vencia o jogo por 2 a 0, o motivo de eu escutar vaias todas as vezes em que encostava na bola. É lógico que, perder da forma como perdemos, tomando uma virada após ter esse placar a nosso favor, é algo vergonhoso para todos nós. Mas o mérito do adversário nunca pode ser menosprezado, seja qual time for. Contudo, o meu questionamento é em relação à falta de apoio mesmo quando o placar estava favorável. Estar vencendo por 2 a 0 jamais é motivo para que a vaia seja maior do que o incentivo. Se comigo, que a carreira inteira fui acostumado com a pressão em grandes clubes, como Atlético-MG, Corinthians e Fluminense, e, mesmo assim, é algo que me deixa realmente desestabilizado quando acontece, imaginem com a ‘molecada’ da base que está tendo seus primeiros momentos como jogador profissional. Podem ter certeza de que as vaias direcionadas a mim também refletem no restante do time".