Por fabio.klotz

Rio Grande do Sul - No reencontro do goleiro Aranha com a torcida do Grêmio, após o episódio de injúria racial em jogo da Copa do Brasil, nada de gols. A torcida gaúcha, desde a entrada do Santos em campo, não perdoou e vaiou incessantemente o camisa 1.

Aranha foi vaiado e lamentou atitude da torcida gremistaFolhaPress

“Eu sempre procuro respeitar a torcida adversária. Quer dizer que eles concordam com tudo o que aconteceu. Mas tenho que fazer a minha parte aqui. É triste, sou profissional, mas que é triste, é triste”, afirmou o goleiro, no intervalo.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Grêmio foi a 36 pontos e assumiu o 5º lugar, mas perdeu a chance de entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro. Já o Santos permanece em nono, com 30. Na próxima rodada, neste domingo, às 18h30, o Tricolor recebe a Chapecoense na Arena do Grêmio. O Peixe joga no mesmo dia e horário e recebe o Figueirense na Vila Belmiro.

Você pode gostar