Por victor.abreu

Bahia - O atacante Wiliam Barbio vem conquistando aos poucos seu espaço no Bahia. Nas duas últimas partidas,contra o o Flamengo e Sport, na Fonte Nova, o jogador entrou no segundo tempo e pôde ajudar os seus companheiros a conquistar a vitória. Diante dos pernambucanos, na última quarta, ele criou a jogada que resultou no gol da vitória. Contra os cariocas, o atleta teve boa atuação e ajudou o time a assegurar os 2 a 1.

Wiliam Barbio ganha confiança no BahiaDivulgação

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro 

"Agradeço muito pela confiança do treinador, da comissão técnica e dos meus companheiros. Eles me deram muita força, me ajudaram no dia a dia dos treinos e pude contribuir. Contra o Sport entrei no jogo numa situação adversa, a torcida estava impaciente, mas pude ajudar o time a conquistar uma importante vitória", afirmou Barbio, via assessoria.

O atacante revela que há pressão por parte da torcida do Bahia, mas vê os torcedores como peça fundamental para a arrancada da equipe na tabela do Campeonato Brasileiro.

"Fica difícil jogar em cima de resultados adversos, há muita pressão, mas essas vitórias deixaram o time mais confiante. O papel da torcida foi fundamental. Eles compareceram nesses jogos e apoiaram o time o tempo todo, nos ajudaram muito a conquistar os resultados. Agora precisamos bucar mais vitórias para nos afastar ainda mais dessa zona incômoda", acrescentou o atleta.

Agora o Bahia divide a atenção entre o Brasileirão e a Copa Sul-Americana. Após eliminar o Internacional, o Tricolor terá um novo desafio pela frente nesta quarta-feira, contra o Universidad César Vallejo, do Peru, na Arena Fonte Nova, pelas oitavas de final. Wiliam vive a expectativa de voltar a ser titular.

"Estou trabalhando seriamente, dando meu melhor nos treinamentos e nos jogos, e quando aparecer a oportunidade vou procurar aproveitá-la da melhor maneira possível. Se o professor (Gilson) Kleina achar que eu deva jogar, estarei pronto. Se não, fico no banco torcendo pelos meus companheiros e pronto para quando ele precisar de mim", finalizou o atacante.

Você pode gostar