Resumo da rodada: Bicampeonato azul e fim de ano melancólico para o Rio

Cruzeiro garante título antecipado; cariocas terminam a competição com campanhas bem abaixo do esperado

Por O Dia

Rio - O futebol brasileiro tem um novo (velho) campeão. O Cruzeiro derrotou o Goiás por 2 a 1 no Mineirão e não pode ser mais alcançado na tabela da competição, faltando duas rodadas para o fim do torneio. Esta é a quarta conquista dos mineiros, sendo a segunda consecutiva e sob o comando de Marcelo Oliveira.

O final do Brasileirão se aproxima de maneira melancólica para os clubes cariocas. O Botafogo caminha a paços largos para o rebaixamento. Fora de casa, o Glorioso perdeu mais uma e já pode entrar em campo rebaixado no próximo domingo, caso o Vitória vença o Fla no próximo sábado ou o Palmeiras pontue contra o Internacional no mesmo dia. Já o Fluminense voltou a tropeçar. Com o empate diante do Sport, em Pernambuco, o Tricolor tem remotas chances de se classificar para a Libertadores. E o Flamengo, que não tem objetivos no competição, apenas empatou com o Criciúma, primeiro clube matematicamente rebaixado.

Cruzeiro se sagrou tetracampeão brasileiroEfe

Tudo igual no Recife

Em confronto bem movimentado, o Fluminense ficou no 2 a 2 contra o Sport, no Recife. Fred marcou um belo gol evitando a derrota dos cariocas. Porém, a classificação do Tricolor para a Libertadores ficou bastante complicada. O clube das Laranjeiras precisa de duas vitórias nas últimas rodadas e de uma combinação de resultados improvável para conseguir retornar à competição internacional. O Tricolor está em sétimo e o Rubro-Negro em décimo.

Fluminense tem poucas chances de ir para a LibertadoresDivulgação

Em ritmo de férias, Fla rebaixa o Tigre

Sem mais objetivos no Brasileirão, o Rubro-Negro Carioca enfrentou o Criciúma, em São Luís. Os cariocas fizeram a alegria dos torcedores do Maranhão, mas voltaram a tropeçar no Brasileirão. Com o empate por 1 a 1, o Tigre acabou rebaixado matematicamente para a Série B da competição. O Flamengo está em nono lugar.

Flamengo rebaixou o Criciúma em São LuísDivulgação

Botafogo segue sem rumo

O Glorioso voltou a perder mais uma no Brasileirão. Diante da Chapecoense, os cariocas foram derrotados por 2 a 0 e estão bem próximos do rebaixamento para a Segunda Divisão. Para escapar, o Botafogo precisa vencer os dois jogos que restam e secar Vitória e Palmeiras. A equipe catarinense está em 14ª lugar, com 42 pontos, e respira mais tranquilo.

O Botafogo perdeu por 2 a 0 para Chapecoense e se aproxima cada vez do retorno à Série BJardel da Costa/FolhaPress

Cruzeiro é tetra

O Campeonato Brasilero segue nas mãos do Cruzeiro. Campeão em 2013, os mineiros garantiram a taça deste ano ao vencerem por 2 a 1 o Goiás, neste domingo. A conquista veio com duas rodadas de antecedência. Em segundo lugar está o São Paulo. O Tricolor Paulista venceu o Santos por 1 a 0 e se já não tem chances de título, ao menos garantiu a vaga na Libertadores. Em terceiro lugar está o Corinthians, que venceu um duelo importante contra o Grêmio, no Itaquerão. Os gaúchos estão em sexto. Fechando o G-4 está o Internacional que derrotou o Galo por 2 a 1, no último minuto, no Beira-Rio. O Atlético-MG está em quinto. Além do Criciúma, rebaixado, e do Botafogo, penúltimo, fecham a degola Bahia e Vitória. A dupla baiana voltou a ser derrotada nesta rodada. O Tricolor perdeu para o Furacão, que está em oitavo lugar, no sábado e só um milagre evita a queda. Já o Rubro-Negro foi derrotado pelo Figueirense, no Scarpelli, no jogo que acabou com qualquer risco de queda dos catarinenses. O principal rival do Vitória na briga contra o rebaixamento deve ser o Palmeiras. No duelo com o Coritiba contra a degola, o Verdão levou a pior. O Coxa venceu por 2 a 0 e deixou o Z-4 na mão dos baianos. Com 41 pontos, o Coxa está em 15ª e o Palmeiras, com 39 pontos, um a mais que o Coxa, está em 16º.