Riascos faz, Vasco bate o Flamengo e encerra jejum de vitórias no Brasileirão

Em jogo com nível técnico muito baixo, Cruzmaltino aproveita a única boa chance que teve na partida para desencantar

Por O Dia

Cuiabá - Demorou, foi suada, mas finalmente veio a primeira vitória do Vasco no Brasileirão. E justamente contra o seu maior rival, o Flamengo. Em um jogo muito fraco tecnicamente, o Cruzmaltino soube aproveitar a sua melhor chance no jogo e com um gol de Riascos derrotou o Rubro-Negro por 1 a 0 neste domingo, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Apesar da vitória do Gigante da Colina, os dois times seguem na zona de rebaixamento.

VEJA: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Em jogo com um nível técnico muito baixo, Vasco e Flamengo mostram porque estão em situação tão delicada no Brasileirão. Estreando no banco do Cruzmaltino, Celso Roth já colocou um pouco de sua filosofia no time da Colina, que entrou com uma proposta de mais organização defensiva e foi bem nesse papel. Já o Fla teve muito mais posse de bola, mas não sabia o que fazer com ela.

Com gol de Riascos, Vasco venceu o Flamengo por 1 a 0 e quebrou o jejum de vitórias no BrasileirãoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O gol do Vasco veio justamente em sua jogada mais forte durante toda a temporada: pela direita com Madson. O lateral foi lançado livre, já que Anderson Pico escorregou e não o acompanhou, chegou bem pelo lado de campo e levantou para Riascos testar firma no meio do gol, sem chances para César.

A vitória foi a primeira do Vasco no Brasileirão e tirou o Cruzmaltino da lanterna, que agora com seis pontos, subiu para a 19ª colocação. Na próxima rodada, o Gigante da Colina recebe o Avaí, na quarta-feira, às 19h30, em São Januário. Já o Flamengo se mantém na 17ª posição com apenas sete pontos. Também na quarta, o Rubro-Negro visita o Joinville, às 22h, em Santa Catarina.

O JOGO

O início do jogo em Cuiabá já mostrava qual seria a tônica do jogo: Flamengo com posse de bola e Vasco buscando o contra-ataque. Mas logo no primeiro minuto quem chegou com perigo foi o Cruzmaltino com Jhon Cley, que não conseguiu aproveitar a falha de César em saída do gol Com o jogo muito truncado e baixa qualidade técnica, ambos os times tentavam criar chances no erro do adversário.

Mais organizado, o Vasco conseguia criar boas jogadas, principalmente pelo lado direito de ataque. E foi ali que o Cruzmaltino achou a jogada do gol. Madson foi lançado e entrou livre pela direita após Pico escorregar. O lateral teve espaço para cruzar e achou Riascos, livre dentro da área, que só teve o trabalho de cabecear com precisão para abrir o placar na Arena.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Atrás no placar, o Flamengo teve ainda mais obrigação de sair para o ataque, mas pecava e muito na saída de bola, abusando nos erros de passes, protagonizando algumas cenas bizarras em sequência. Mais bem postado e com a vantagem na mão, o Vasco se fechou na defesa, esperando uma chance de contra-ataque para tentar tranquilizar ainda mais o jogo. Ajudando no ataque e atrás, Riascos era o melhor em campo no primeiro tempo.

Pelo lado rubro-negro, Anderson Pico era constantemente vaiado pela torcida e errava lances em sequência. Somente aos 41 o lateral conseguiu acertar alguma coisa e colocou Charles para trabalhar, após cruzamento venenoso na área, obrigado o arqueiro do Vasco a sair do gol para afastar o perigo.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

Na volta para o segundo tempo, Cristóvão resolveu tirar Pico e colocou Alan Patrick em campo para dar mais consistência no meio do Flamengo. E a alteração surtiu efeito nos primeiros minutos. Em duas jogadas seguidas, o meia armou boas ações ofensivas, e na melhor delas encontrou Canteros livre na entrada da área, que finalizou com perigo ao gol de Charles. Logo depois, Alan fez mais uma boa jogada e serviu para Sheik chutar próximo da meta cruzmaltina.

Apesar do bom início de segundo tempo, o Flamengo voltou a cometer os mesmo erros da primeira etapa. Com 70% de bola, o Rubro-Negro tinha o jogo nas mãos, mas abusava demais dos passes errados. Satisfeito com o resultado, o Vasco se segurava na defesa e esperava uma chance para matar o jogo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Porém, aos 34, o Fla teve a melhor chance no jogo para conseguir o empate. Wallace dominou a bola dentro da área após escanteio e ajeito para Alan Patrick finalizar, exigindo defesa espetacular de Charles, a primeira na partida.

Na base do abafa, o Rubro-Negro começou a criar algum perigo ao gol cruzmaltino, principalmente nas bolas alçadas na área. Porém, sem êxito algum. Em uma partida muito fraca tecnicamente, o Vasco conseguiu sua primeira vitória no Brasileirão graças a única chance clara de gol que teve e soube aproveitar.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1x0 FLAMENGO

Estádio: Arena Pantanal
Público e Renda: 14.010 pagantes/16.602 presentes/R$ 1.154.950,00
Árbitro: Héber Roberto Lopes
Gol: Riascos (Vasco, aos 15' do 1ºT)
Cartões Amarelo: Serginho, John Cley, Charles, Madson (Vasco)
Cartões Vermelho: -

VASCO: Charles, Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christiano; Guiñazu, Serginho, Jhon Cley (Rafael Silva, aos 12' do 2ºT) e Julio Cesar; Riascos (Thalles, aos 14' do 2ºT) e Gilberto (Lucas, aos 24' do 2ºT). Técnico: Celso Roth

FLAMENGO: César, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Anderson Pico (Alan Patrick, intervalo); Jonas, Canteros, Márcio Araújo e Everton (Paulinho, aos 24' do 2ºT); Eduardo da Silva (Marcelo Cirino, aos 18' do 2ºT) e Emerson. Técnico: Cristóvão Borges