Resumo da rodada: Guerrero acaba com jejum, Flu vacila e Vasco amarga

Peruano garante vitória do Flamengo após cinco jogos sem marcar; Tricolor leva virada no fim, mas segue no G-4; Já o Gigante da Colina continua mais uma rodada na lanterna

Por O Dia

Rio - A abertura do returno do Brasileirão só foi boa para um dos cariocas. Atuando em casa e com Oswaldo de Oliveira pela primeira vez no banco comandando a equipe, o Flamengo mostrou evolução, jogou bem e conseguiu vencer o São Paulo por 2 a 1 de virada no Maracanã. Além da vitória, a partida foi marcada pelo fim do jejum de gols de Guerrero, que na comemoração foi às lágrimas. Após o jogo, o discurso dos jogadores foi de motivação para o duelo contra o Vasco, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Enquanto isso, a equipe paulista se distancia da briga pela o G-4 e agravar ainda a mais a crise vivida pelo time.

Guerrero encerrou o jejum de gols e ganhou motivação extra para pegar o Vasco na quartaErnesto Carriço/Agência O Dia

Já o Vasco, que vinha de vitória sobre o maior rival na Copa do Brasil, voltou a dura realidade do Brasileirão, onde amarga a lanterna, e nem de perto demonstrou o bom futebol e a tranquilidade de quarta-feira. Em menos de 20 minutos contra o Goiás, o Cruzmaltino já perdia a partida por 2 a 0 e teve Jorge Henrique expulso. O jogo terminou 3 a 0 para o Esmeraldino, que é rival direto na briga contra o rebaixamento, e o Gigante ainda teve o zagueiro Rodrigo expulso. Já são seis jogos sem vencer na competição nacional, além de ter o mesmo número de gols que de expulsão: 8. A 13ª derrota faz com que equipe amargue mais uma rodada na última colocação. Além disso, a situação se complica ainda mais após os rivais pela fuga do Z-4 terem ganho. 

Jorginho tenta se manter otimista mesmo com a situação cada vez mais complicada do VascoFrancisco Stuckert/ Parceiro / Agência O Dia

Em Jonville, o Fluminense não contou com Ronaldinho Gaúcho, poupado, mas teve o capitão Fred em campo. Mas por apenas sete minutos. Logo no início, o camisa 9 sentiu uma lesão na coxa esquerda e vai desfalcar o Tricolor por três jogos. Com a bola rolando, o Flu até saiu na frente com Cícero, mas não conseguiu segurar o placar e acabou sofrendo a virada já nos acréscimos para a equipe catarinense. Apesar da derrota, o time das Laranjeiras ainda conseguiu se manter no G-4 por conta da derrota do Palmeiras para o Atlético-MG. O resultado para a equipe catarinense ajuda e muito na briga contra o rebaixamento e complicar ainda mais a situação do Vasco.

Apesar da boa atuação em Joinville, o Fluminense vacilou mas conseguiu se manter no G-4Nelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

Vagner Love desencanta e Corinthians se consolida na liderança

Criticado durante a semana por conta do longo jejum sem fazer gols, Vagner Love respondeu da melhor forma possível. E em dose dupla. Com dois do artilheiro do amor, o Corinthians venceu com tranquilidade o Cruzeiro por 3 a 0 e se manteve tranquilo na liderança do Brasileiro. Jadson completou o placar para os paulistas. Já a Raposa, atual bicampeã brasileira, segue em má fase e se aproximou ainda mais da zona de rebaixamento, com apenas um ponto a mais que o Coritiba.

Vagner Love marcou dois dos três gols da vitória do líder Corinthians sobre o Cruzeiro e desencantouDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians/Divulgação

Palmeiras, Sport e Atlético-PR estacionam na tabela e se afastam do G-4

Buscando um lugar no G-4, Palmeiras, Sport e Atlético-PR seguem oscilando e se distanciando da briga por uma vaga no topo da tabela. Após vencer o Flamengo na rodada passada, o Verdão voltou a oscilar e desta vez foi derrotado de virada pelo Atlético-MG por 2 a 1 e continua na 5ª posição com 31 pontos. Já o Galo, reencontra o caminho da vitória e segue na cola do Corinthians com 39 pontos, na vice-liderança.

O Sport prolongou sua má fase e perdeu também de virada por 2 a 1 para o Figueirense fora de casa. Os pernambucanos ficam na ficam em sétimo com 31 pontos e já acumulam um jejum de seis jogos sem vencer. Os catarinense conquistam três pontos vitais na luta contra o rebaixamento e pulam para a 14ª colocação com 23 pontos.

Com dois gols de Pratto%2C o Atlético-MG venceu o Palmeiras por 2 a 1 e segue na vice-liderançaDivulgação

Já o Atlético-PR chegou ao seu quarto jogo sem vitória após ser derrotado pelo Internacional por 2 a 0 fora de casa e segue estacionado na oitava posição com 30 pontos. Enquanto isso, a equipe Gaúcha mostra sinais de recuperação desde a chegada de Argel ao comando do time e pula para a 10ª colocação com 28 pontos. 

Santos vence outra na Vila, Coritiba engata a terceira e Ponte e Grêmio ficam no zero

Desde a chegada de Dorival Júnior, o Santos sofreu uma revolução no Brasileiro e encaixou uma sequência de bons resultados. Embalado pelo seu trio ofensivo formado por Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira, o Alvinegro Praiano teve ótima atuação contra o Avaí e venceram por 5 a 2 no sábado. O camisa 9 marcou mais um e se isolou na artilharia com 11 gols. A equipe paulista já está invicta a seis partidas e segue subindo na tabela. Já os catarinenses se complicaram pelos outros resultados e acabaram entrando no Z-4, caindo para a 18ª posição.

Henrique marcou mais uma vez e garantiu a terceira vitória seguida do Coritiba no BrasileirãoDivulgação

Já o Coritiba vem mostrando fôlego na briga contra o rebaixamento e em um jogo complicado dentro de casa, fez o suficiente para vencer a Chapecoense por 1 a 0, com gol de Henrique Almeida. Foi a terceira vitória seguida do Coxa no Brasileiro, que não tira a equipe do Z-4, mas coloca o time paranaense a apenas um ponto de sair do fundo da tabela. Enquanto isso os catarinenses ficam na parte de cima da classificação em 9º. A partida entre Ponte Preta e Grêmio em Campinas foi o único 0 a 0 da rodada e manteve os gaúchos na 3º colocação e os paulistas caíram para 12º.