Emocionado e em dia de 'coincidência irônica', Levir Culpi se despede do Galo

Técnico deixa o clube exatamente no primeiro aniversário do título da Copa do Brasil: 'Diretoria optou por encerrar o ciclo'

Por O Dia

Minas Gerais - Não deu para segurar a emoção. Com lágrimas, Levir Culpi se despediu, nesta quinta-feira, do Atlético-MG. Fim de mais um ciclo, cujo ponto alto foi o título da Copa do Brasil de 2014. Curiosamente, o adeus é exatamente um ano após a conquista nacional. Ele não comanda o clube nos dois últimos jogos do Brasileiro.

Levir Culpi não é mais técnico do Atlético-MGDivulgação

"Poderia continuar nestes dois jogos, mas diretoria optou por encerrar o ciclo. Acho importante já iniciar um trabalho para 2016. Estamos encerrando um ciclo. Praticamente um ciclo da minha vida em Minas Gerais", declarou o técnico no pronunciamento de despedida.

A ironia do mundo da bola é se despedir um ano depois do título da Copa do Brasil, conquistado sobre o rival Cruzeiro.

"Essa é a quarta vez aqui e só tenho a agradecer. Hoje completa um ano da conquista da Copa do Brasil. Coincidência irônica", afirmou o técnico.

Esta foi a quarta passagem de Levir Culpi pelo Atlético-MG. Ele dirigiu o Cruzeiro em três ocasiões. O técnico voltou ao Galo em 2014. De lá para cá, conquistou a Recopa, a Copa do Brasil e o Campeonato Mineiro. Levir deixa o clube na vice-liderança do Brasileiro.