Figueirense derrota Atlético-PR em casa e deixa zona de rebaixamento

Com a vitória, o Figueira chegou aos 27 pontos e saltou da 18ª para a 14ª posição, enquanto o time paranaense seuge em nono, com 33 pontos

Por O Dia

Florianopólis - Depois da queda decepcionante na Copa Sul-Americana e da derrota para o Fluminense, o Figueirense se reabilitou no Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira, ao derrotar o Atlético Paranaense por 1 a 0, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 23.ª rodada. O resultado afastou provisoriamente o time catarinense da zona de rebaixamento.

Com a vitória, o Figueirense chegou aos 27 pontos e saltou da 18ª para a 14ª colocação, enquanto o time rubro-negro se manteve na nona posição, com 33 pontos.

Lins fez o gol que garantiu a vitória do Figueirense sobre o Atlético-PRLuis Henrique/Figueirense/Divulgação

O JOGO

Apesar de ter maior volume de jogo ao longo de todo o confronto, o Figueirense não conseguiu transformar esse domínio em gols nesta quarta. O time catarinense se aproveitou de uma falha do goleiro Santos, que iniciou de forma errada uma jogada, e o atacante Lins, aos quatro minutos, arriscou de longe e marcou o único gol da partida.

O Atlético demorou a reagir e somente aos 20 minutos, Marcão, com uma boa cabeçada, exigiu uma grande defesa do goleiro Gatito Fernández.

Na segunda etapa, o técnico Paulo Autuori colocou Marcos Guilherme em campo no lugar de Luan, não apenas para dar mais movimentação ao meio, sem criatividade, mas para poupar o atacante, que levou amarelo em um lance que merecia ser expulso por jogada violenta sobre Ayrton.

Mesmo com a mexida - Cabral entrou na vaga de Lucas Fernándes - o time continuou sem levar perigo ao Figueirense, com alguma chance clara de gol.

Porém, Tuca Guimarães, técnico efetivado pelo Figueirense no início da semana, facilitou o trabalho do time paranaense. Ao tirar Rafael Moura e Lins de campo, o Figueirense não conseguia mais segurar a bola em seu ataque e atraía o Atlético para seu campo. Com isso, o Atlético passou a ter maior posse de bola, mas chegava com pouco perigo.

No final da partida, o time catarinense voltou a procurar o ataque e Maurides e Ferrugem ainda tiveram boas chances para ampliar, mas desperdiçaram a oportunidade para "matar" o jogo.

Na próxima rodada, o Figueirense visitará o São Paulo, no Morumbi, no domingo. No mesmo dia, o Atlético-PR vai receber o Internacional na Arena da Baixada, em Curitiba.